(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Operação nacional contra a pedofilia

Geral Comentários 17 de maio de 2018

Força-tarefa, desenvolovida em todo o País, teve desfecho em Anápolis


Na maior ação do mundo de combate à pedofilia, o Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) deflagrou, no início da manhã desta quinta-feira,17, a Operação Luz na Infância 2, em parceria com as Polícias Civis do Distrito Federal e de 24 estados. Mais de 2,6 mil policiais civis estão cumprindo 578 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante. Mais informações serão divulgadas ao longo do dia.
Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP), com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva. Esse conhecimento produzido durante quatro meses foi repassado às Polícias Civis – em especial delegacias de proteção à criança e ao adolescente, e repressão a crimes informáticos – que instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais a expedição dos mandados.
Na primeira edição da Operação Luz na Infância, realizada em 20 de outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Durante a apreensão desses materiais nos 24 estados e DF, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam esses equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet. Aquela operação foi resultado de seis meses de levantamentos e investigações coordenados pela Senasp/MESP e órgãos norte-americanos – Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil, Adidância da Polícia de Imigração e Alfandega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE) –, e em conjunto com as agências de inteligência de polícias civis.

Luz na Infância
A operação foi intitulada Luz na Infância por serem bárbaros e obscuros os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. Os acusados deste tipo de delito agem nas sombras da internet e devem ter suas condutas elucidadas e julgadas, como a de qualquer criminoso.

Dois homens presos na Operação Luz na Infância
Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), do Laboratório de Crimes Cibernéticos da 3ª DRP e do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), sob a coordenação da delegada Kênia Segantini, cumpriram, dentro da Operação Luz na Infância 2, na manhã de quinta-feira (17), dois mandados de busca e apreensão que resultaram nas prisões em flagrante de dois homens que estavam armazenando fotos e vídeos contendo pornografia infantil.
Um dos homens presos na operação possuía dois programas utilizados para compartilhar pornografia infantil e um programa para navegar na Deep Web, também conhecida como internet negra. Um dos crimes é inafiançável, o outro não. Assim, um dos presos será encaminhado à Unidade Prisional de Anápolis e o outro, se pagar a fiança, responderá em liberdade.
Em Goiás, foram expedidos 22 mandados - dois em Anápolis- de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais contra suspeitos de armazenar e compartilhar arquivos contendo pornografia infantil.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...