(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Operação conjunta prende suspeitos de homicídios

Violência Comentários 10 de agosto de 2017

Em Anápolis, disputa por tráfico de drogas resultou em mais uma morte


Operações realizadas pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil, de Anápolis e Luziânia, cumpriram mandados de prisão preventiva de autores de crime de homicídios nas duas cidades.
Em Anápolis, o GIH local prendeu João Amadeu Matos de Assis, de 21 anos, e Lucas Marleido Nóbrega de Oliveira, 22. Eles são investigados pela morte a tiros de Danilo de Oliveira Camargo, ocorrida em maio passado, no Bairro Calixto Abrão,
De acordo com o delegado Vander Coelho, responsável pelas investigações, poucos dias antes do homicídio, a dupla havia tentado matar um amigo de Danilo. Inconformado, a vítima passou a ameaçar João Amadeu e Lucas, o que pode ter gerado a motivação do crime.
Interrogados, os presos afirmaram à polícia que havia uma disputa pelo domínio do tráfico de drogas na região.
Em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, o GIH local cumpriu dois mandados de prisão expedidos em desfavor de suspeitos de homicídios qualificados. Miqueias Meireles de Oliveira e Samuel dos Santos da Silva já estavam presos, e devem permanecer mais tempo na cadeia.
Segundo o delegado Maurício Passerini, Miqueias é suspeito da morte de Igor Ferreira de Matos, em 2015. O outro investigado, Samuel dos Santos, figura como partícipe do crime de homicídio qualificado, contra a vítima Josué Morais da Silva, morto também por disparos de arma de fogo.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Operação conjunta prende suspeitos de homicídios

10/08/2017

Operações realizadas pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil, de Anápolis e Luziânia, cumprir...

O que mudou 11 anos depois de aprovada a Lei “Maria da Penha

03/08/2017

Embora se admita que o sexo feminino tenha experimentado mais poderes na última década, a Lei Maria da Penha, que completar...

Índice de mortes violentas ainda assusta a população anapolina

28/07/2017

A aparente tranquilidade que vinha sendo registrada no que diz respeito aos crimes contra a vida, em Anápolis, foi interromp...

Vereador do PSDB alerta sobre onda de assaltos em farmácias

06/07/2017

Os proprietários e funcionários de farmácias de Anápolis vivem com medo com a frequência de assaltos nos estabelecimento...