(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Operação Araguaia vai até 15 de agosto

Geral Comentários 15 de julho de 2016

Quem for pego transportando peixes em estradas goianas vai pagar multas que varial de R$ 300 a R$ 7 mil


Fiscais ambientais da Secima e policiais do Batalhão Ambiental estão na região da Bacia do Araguaia, em mais uma edição da Operação Araguaia, cujo foco é o combate à pesca, caça e desmatamento ilegais. A operação vai atuar durante toda a temporada de férias, até dia 15 de agosto.
Coordenadora da operação, a superintendente de Licenciamento e Qualidade Ambiental da Secima, Gabriela de Val, explica que as multas para quem for pego transportando peixes nas estradas goianas varia de R$ 300 a R$ 7 mil, além da apreensão de todo o pescado e do material de pesca. O transporte de peixes é regulamentado pela lei da Cota Zero, que desde 2013 permite o consumo de pescado apenas no local onde é retirado.
Ainda conforme a superintendente, os índices de infração quanto à pesca irregular têm caído desde que a Cota Zero entrou em vigor, o que mostra “o resultado do trabalho e da conscientização do turista”. Em 2015, foram apreendidos na Operação Araguaia, 501 quilos de pescado, 26 quilos de caça e a apreensão de redes, tarrafas, arpões e outros instrumentos predatórios. Foram lavrados 49 autos de infração, resultando em mais de R$ 193 mil em multas.
“A nossa meta é reduzir ainda mais a quantidade de apreensões de caça e pesca, uma demanda dos ribeirinhos e de boa parte dos turistas, que são os maiores incentivadores da renovação da Cota Zero, prorrogada por mais três anos no dia 11 de abril deste ano”, afirma Gabriela. A fiscalização será realizada por meio de blitzen terrestres e aquáticas, sendo que serão mantidas equipes nos postos de fiscalização durante toda a temporada.

Lixo e areia
Fiscais também percorrem acampamentos, distribuindo sacos de lixo e orientando turistas quanto à manter uma estadia mais sustentável no rio. O combate ao desmatamento e à extração ilegal de areia também são foco de ações pontuais na região. O trabalho de inteligência e denúncias recebidas apontam que existem desmatamentos ilegais que comprometem a qualidade do rio e da biodiversidade local.
O Batalhão Ambiental da Polícia Militar também está no Araguaia, acompanhando todas as ações de fiscalização. Conforme o comandante Freitas, o Batalhão exerce o poder de polícia, enquanto os fiscais têm a prerrogativa de multar os infratores.
A Operação Araguaia 2016 se estende na mesorregião do Vale do Araguaia, lago Serra da Mesa, Serra do Facão e outros rios de Goiás.

Balanço
Com o início da Operação Araguaia 2016, a Secima intensificou a fiscalização nos principais pontos turísticos do Rio Araguaia. Em parceria com o Batalhão Ambiental, os fiscais têm realizado rondas ostensivas na região. O balanço da operação do dia 28 de junho a 12 de julho impressiona pela quantidade de material apreendido.
Em 15 dias, já foram apreendidos 237,3 kg de pescados, um jabuti, três tatus, três frações de jacaré e um catitu. Os fiscais também encontraram 12 redes, 1 tarrafa, 4 pindas e 20 cambuís. Vinte e nove autos de infração foram lavrados e as multas chegam a R$ 21.518,00.
Durante a operação do ano passado, foram apreendidos 501 quilos de pescado, 26 quilos de caça, um jabuti e seis tartarugas. As apreensões resultaram em 49 autos de infração, que somam em R$ 193.669,00 em multa. Também foram capturados materiais predatórios como redes, tarrafas, 25 pindas, espinhéis e três rifles.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

PROCON vê medidas para impedir os abusos nos preços

16/11/2017

A superintendente do Procon Goiás, Darlene Araújo, afirmou na última terça-feira, 14, que, em conjunto com a Delegacia do...

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

16/11/2017

A Previdência Social é o ombro amigo da população brasileira, e tem como um dos princípios a solidariedade que busca amp...

Conferência debate os rumos da saúde

16/11/2017

A 10ª Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 04, 05 e 06 de dezembro próximo. Na oportunidade, serão de...

Joanápolis sedia a Festa do Milho

16/11/2017

Agregar valor à produção local e movimentar a economia. É com este objetivo que a Prefeitura, via Secretaria Municipal de...