(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Obras no Ribeirão Antas já têm 35% concluídos

Cidade Comentários 07 de maro de 2014

Bacia e reservação e canal de gabião vão reduzir impacto das enchentes em vários pontos de Anápolis


O Prefeito Antônio Gomide; os secretários municipais Clodoveu Reis Pereiras (Obras, Serviços Urbanos e Habitação) e Francisco Carlos Costa (Meio Ambiente) vistoriaram na manhã da última quinta-feira, 06, acompanhados por engenheiros da construtora Fuad Hollus, as obras de implantação da bacia de reservação e a canalização do Córrego Antas, num trecho de 980 metros de canal de gabião, um tipo especial de proteção das paredes do solo feito a partir de uma malha de fios de aço, preenchidas com pedras britadas.
Segundo explicou o secretário de Obras, Clodoveu Reis, muito embora as chuvas tenham atingido maior intensidade neste mês de fevereiro, devendo ocorrer o mesmo no mês de março, a previsão é de que a entrega da obra aconteça no mês de dezembro próximo. Até o momento, informou, já foram executados em torno de 35% da obra. Uma das etapas mais importante, em sua opinião, foi o desassoreamento do lago existente no interior do Parque Senador “Onofre Quinan”, na região da Vila Góis/Parque das Nações, de onde foram retirados nada menos que 70 mil metros cúbicos de detritos. O local servirá como uma bacia ou reservatório de contenção das águas de chuva, sendo que, normalmente, o escoamento será feito por um sistema de tubulação na parte baixa. Na parte superior haverá um vertedouro, por onde passará o volume excedente, em caso de um grande armazenamento.
“Esse sistema reduzirá o impacto dos alagamentos desde a região aqui do Parque ‘Onofre Quinan´, passando pela região central, até os pontos que eram considerados críticos como o Andracel e a parte baixa da Vila Santa Maria de Nazaré”, explicou Clodoveu Reis.
Ao longo de toda a extensão da canalização serão implantados quatro bueiros, nas proximidades da Avenida José Sarney e das ruas 09, Chile e Divino Pai Eterno. Duas pistas de rolamento, também, serão construídas, uma em cada margem da canalização, ligando até a Avenida “Ayrton Senna”, além, ainda da interligação entre o canal e os microssistemas de drenagem em todo o seu trecho. Quando estiver totalmente pronta, a obra deverá ter um custo de R$ 25 milhões, dos quais R$ 7,5 milhões já foram aplicados. A Prefeitura, neste caso, entra com uma contrapartida de 5% do valor total.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...

Escola de Pais promove evento para a família

18/05/2017

A Escola de Pais do Brasil (EPB) – Seccional Anápolis- realiza no próximo dia 26, a partir das 19h30, o 31º Seminário R...

Presidente do Tribunal de Justiça visitou a Base Aérea

11/05/2017

O comando da Base Aérea de Anápolis, agora denominada Ala 2 de Anápolis - Otávio Lage de Siqueira -, recebeu, na segunda-...

ABIH quer pressa para Centro de Convenções e Aeroporto de Cargas

04/05/2017

O momento vivido pela rede de hotelaria de Anápolis foi debatido no Denali Hotel na manhã do último dia 28 de abril, em ma...