(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Obras no Ribeirão Antas já têm 35% concluídos

Cidade Comentários 07 de maro de 2014

Bacia e reservação e canal de gabião vão reduzir impacto das enchentes em vários pontos de Anápolis


O Prefeito Antônio Gomide; os secretários municipais Clodoveu Reis Pereiras (Obras, Serviços Urbanos e Habitação) e Francisco Carlos Costa (Meio Ambiente) vistoriaram na manhã da última quinta-feira, 06, acompanhados por engenheiros da construtora Fuad Hollus, as obras de implantação da bacia de reservação e a canalização do Córrego Antas, num trecho de 980 metros de canal de gabião, um tipo especial de proteção das paredes do solo feito a partir de uma malha de fios de aço, preenchidas com pedras britadas.
Segundo explicou o secretário de Obras, Clodoveu Reis, muito embora as chuvas tenham atingido maior intensidade neste mês de fevereiro, devendo ocorrer o mesmo no mês de março, a previsão é de que a entrega da obra aconteça no mês de dezembro próximo. Até o momento, informou, já foram executados em torno de 35% da obra. Uma das etapas mais importante, em sua opinião, foi o desassoreamento do lago existente no interior do Parque Senador “Onofre Quinan”, na região da Vila Góis/Parque das Nações, de onde foram retirados nada menos que 70 mil metros cúbicos de detritos. O local servirá como uma bacia ou reservatório de contenção das águas de chuva, sendo que, normalmente, o escoamento será feito por um sistema de tubulação na parte baixa. Na parte superior haverá um vertedouro, por onde passará o volume excedente, em caso de um grande armazenamento.
“Esse sistema reduzirá o impacto dos alagamentos desde a região aqui do Parque ‘Onofre Quinan´, passando pela região central, até os pontos que eram considerados críticos como o Andracel e a parte baixa da Vila Santa Maria de Nazaré”, explicou Clodoveu Reis.
Ao longo de toda a extensão da canalização serão implantados quatro bueiros, nas proximidades da Avenida José Sarney e das ruas 09, Chile e Divino Pai Eterno. Duas pistas de rolamento, também, serão construídas, uma em cada margem da canalização, ligando até a Avenida “Ayrton Senna”, além, ainda da interligação entre o canal e os microssistemas de drenagem em todo o seu trecho. Quando estiver totalmente pronta, a obra deverá ter um custo de R$ 25 milhões, dos quais R$ 7,5 milhões já foram aplicados. A Prefeitura, neste caso, entra com uma contrapartida de 5% do valor total.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis tem novos comendadores

20/07/2017

A Comenda “Gomes de Sousa Ramos”, maior honraria instituída pelo Município, foi entregue a personalidade de diversos se...

Monumentos históricos de Anápolis completam 60 anos

13/07/2017

Ignorados por grande parte da população e, até, pelas autoridades governamentais, dois monumentos que ficam no centro de A...

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...