(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Obras importantes e desafiantes

Obras Comentários 28 de julho de 2017

Viadutos da Brasil constituem o maior investimento em mobilidade urbana. Prédio da Câmara é exemplo de desperdício.


Nos seus 110 anos de história, Anápolis tem um cenário de canteiro de obras, com várias delas em andamento. As mais importantes compõem o projeto de mobilidade urbana: estruturação dos corredores de ônibus em avenidas estratégicas; melhorias nos pontos de embarque e a construção dos viadutos na Avenida Brasil, nos cruzamentos com a Rua Amazílio Lino de Souza, Avenida Goiás e Rua Barão do Rio Branco.
No momento, estão sendo construídas as rampas dos viadutos. São duas em cada. Ambas têm cerca de 80 metros de extensão. A parte elevada, já em fase adiantada, tem 160 metros, no trecho da Goiás\Barão do Rio Branco e 40 metros no trecho da Amazílio Lino. As rampas terão quatro pistas, duas em cada sentido, o que permitirá um fluxo mais livre dos veículos.
O detalhe que mais chama a atenção é a tecnologia empregada, ou seja, a sustentação da plataforma por meio de cabos, estrutura conhecida como estaiada, tipo de ponte suspensa por cabos que partem diretamente de um mastro e vão até o seu tabuleiro.
Todo o conjunto de obras do pacote de mobilidade urbana tem custo estimado de R$ 75 milhões. A previsão da empresa JOFEGE, responsável pelo serviço, é de que a entrega do benefício ocorra já no mês de outubro.
Além do custo global, foi acrescido um aditivo contratual, para resolver o problema das adutoras de água da SANEGO que estavam sob o solo e precisavam ser desviadas. Inicialmente, calculou-se que o aditamento seria em torno de R$ 3,5 a R$ 4 milhões. Mas, o valor ajustado foi de em torno de R$ 2,5 milhões.
Na Avenida Brasil Sul, encontra-se em fase adiantada o corredor de mobilidade urbana. Uma novidade é que os pontos de ônibus foram transferidos para o canteiro central da via. Outros corredores serão formados nas avenidas Brasil Norte; Universitária, Pedro Ludovico e São Francisco. Todas as paradas de veículos do transporte coletivo receberam um piso mais resistente, com o objetivo de reduzir gastos com a manutenção da pavimentação.

Câmara Municipal
Por outro lado, aliás, bem ao lado do viaduto da Avenida Brasil, a construção do prédio da Câmara Municipal forma uma imagem totalmente oposta. A obra foi paralisada em meados de 2016 e não há, ainda, previsão de quando a mesma será retomada e nem o que será feito para solucionar os graves erros que ocorreram no projeto desde a elaboração até a fase de execução.
O que era para se tornar um novo cartão de visitas de Anápolis, hoje, é uma dor de cabeça para a Prefeitura e para o Legislativo. Enquanto isso, as sessões do Parlamento são realizadas num auditório improvisado, sem boas condições para que os vereadores possam exercer as suas funções e sem poder receber um público maior devido à falta de acomodação e de segurança do espaço.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Obras

Obras no Vale das Laranjeiras entram na fase final

11/10/2018

Dentro de alguns dias, o Sítio de Recreio Vale das Laranjeiras, na região sudoeste da cidade, terá mais seis vias paviment...

Prefeitura complementa galerias de águas pluviais

10/08/2017

Dentro do Plano de Mobilidade Urbana de Anápolis, a Prefeitura iniciou na última quarta-feira, 09, as obras de complemento ...

Obras importantes e desafiantes

28/07/2017

Nos seus 110 anos de história, Anápolis tem um cenário de canteiro de obras, com várias delas em andamento. As mais impor...

Obras da Avenida Brasil exigem novas interdições no trânsito

06/07/2017

O trânsito ficará interrompido na Avenida Brasil, na altura da Rua Aluízio Crispim, sentido Norte/Sul, antes da Rua Barão...