(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Obras demoradas causam transtornos na Mato Grosso

Cidade Comentários 06 de julho de 2013

Escoadouro natural da maior parte do tráfego que liga o centro da Cidade à Região Leste sofre seguidas interdições


No final do ano passado, moradores, comerciantes e usuários da Avenida Mato Grosso, considerada a principal artéria do Bairro Jundiaí, sofreram com uma interdição do trânsito, que durou várias semanas, por conta de obras estruturais sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável. O objetivo era garantir o escoamento das águas pluviais que, a cada chuva mais forte, invadiam residências e comércios da região. Antes, o tráfego da Avenida já havia sido prejudicado durante vários meses, devido ao abalo das estruturas da ponte sobre o Ribeirão Antas, na Avenida Ana Jacinta, o que desviou todo o tráfego para a Avenida Mato Grosso. Pouco tempo depois de ser liberada ao tráfego, na primeira chuva mais forte, o problema recrudesceu, obrigando a novas interdições e congestionamentos no tráfego, o que resultou em aborrecimentos e prejuízos financeiros para o empresariado do setor.
Em seguida, a Saneago precisou realizar obras de grande porte na mesma Avenida Mato Grosso, com o objetivo de trocar a tubulação da rede distribuidora de água potável, abrindo novos buracos e causando mais transtornos para a comunidade. Este serviço foi interrompido por causa do período chuvoso. Mas, há duas semanas foi retomado e a promessa de concluí-lo em, no máximo, dez dias, se exauriu e, de acordo com o que se observa, ainda vai demandar mais alguns dias. Sem contar que, depois de tudo, a Prefeitura anuncia que vai recapear todo o leito da Avenida, o que, também, vai exigir a interdição, da Mato Grosso, via que canaliza o tráfego da região do Bairro de Lourdes; Vila dos Sargentos; parte do Bairro Jundiaí; Conjunto “Filostro Machado”, distrito de Joanápolis e mais de uma dezena de bairros da sua macrorregião. Isto faz da Mato Grosso uma das mais movimentadas vias públicas de Anápolis, o que a transforma em eixo fundamental para a logística do trânsito naquela região da Cidade.

Dificuldades
De acordo com alguns comerciantes ouvidos, os problemas com as seguidas obras na Avenida Mato Grosso são de diversas vertentes. Vão, desde a impossibilidade de estacionamento para clientes de lojas; bares; restaurantes; mercearias; salões de beleza; farmácias, panificadoras e outros comércios, até o incômodo da poeira que, nos dias atuais, não deixa os ambientes em situação higiênica satisfatória. “Lavo a calçada, pelo menos, duas vezes por dia”, lamentou uma empresária. “A casa não para limpa”, disse outra. “Tomara que quando acabar esse serviço aqui, eles nos deixem em paz por algum tempo e quando forem recapear a Avenida, façam esse serviço à noite, ou nos finais de semana para não atrapalhar meu comércio”, disse outro empresário.
A Prefeitura justifica a obra afirmando que ela é fundamental para eliminar o problema das enchentes e inundações históricas naquele setor da Cidade. A água da chuva que desce do setor mais alto, iniciando pelo Bairro JK é muito volumosa e precisa de uma tubulação mais consistente para direcioná-la ao leito do Ribeirão Antas, sem inundar as casas. Já a Saneago adianta que a passagem da tubulação de maior diâmetro tem por objetivo levar água ao Setor Leste da Cidade, que sofre muito com a falta do produto, principalmente no período de estiagem. Mas, tanto Saneago, quanto Prefeitura, asseguram que os problemas são passageiros e que os benefícios com as obras são duradouros para toda a população.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...

Escola de Pais promove evento para a família

18/05/2017

A Escola de Pais do Brasil (EPB) – Seccional Anápolis- realiza no próximo dia 26, a partir das 19h30, o 31º Seminário R...

Presidente do Tribunal de Justiça visitou a Base Aérea

11/05/2017

O comando da Base Aérea de Anápolis, agora denominada Ala 2 de Anápolis - Otávio Lage de Siqueira -, recebeu, na segunda-...

ABIH quer pressa para Centro de Convenções e Aeroporto de Cargas

04/05/2017

O momento vivido pela rede de hotelaria de Anápolis foi debatido no Denali Hotel na manhã do último dia 28 de abril, em ma...