(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Obras da nova sede do Ministério Público seguem cronograma normal

Geral Comentários 19 de julho de 2018

Ainda sem data de entrega, prédio terá amplas e modernas instalações para o atendimento à demanda no Município


Fruto de um protocolo de intenções entre a Procuradoria-Geral de Justiça do Estado de Goiás, com a empresa RH Empreendimentos Imobiliários LTDA., assinado em abril de 2017, a construção da nova sede do Ministério Público em Anápolis segue em ritmo normal. O novo complexo fica no Setor Sul Jamil Miguel. Segundo o procurador-geral de Justiça, Benedito Torres, a infraestrutura da instituição terá um grande salto de qualidade. “Temos ali um imenso gargalo estrutural que limita o atendimento à população, vamos solucionar e oferecer aos promotores e servidores todo o necessário para o cumprimento de seu trabalho, que é atender ao cidadão que precisa do MP”, disse.
O protocolo de intenções atendeu ao chamamento público de número 106/2016, publicado pelo Ministério Público de Goiás no ano passado. A empresa terá 18 meses, a partir da data de assinatura do documento para entregar o imóvel em perfeitas condições de uso e de acordo com as diretrizes estabelecidas no edital supracitado. A expectativa é de que o novo prédio entre em operação, no máximo, no início do ano que vem.
O prédio foi projetado sob medida para a utilização do MP-GO e, entre os requisitos previstos estão: áreas para a expansão de, até, 25 gabinetes de promotorias, recepção, sala de reunião, sanitários, almoxarifado, arquivo e outras, com área útil total de aproximadamente 2 mil m². Também está previsto estacionamento para veículos com o mínimo de 50 vagas.

Andamento da obra
Recentemente, o procurador-geral de Justiça, Benedito Torres, se reuniu com promotores de Anápolis para a apresentação do projeto arquitetônico da nova sede. “Oferecer infraestrutura adequada é uma questão de dignidade para os promotores e respeito ao cidadão que busca o Ministério Público”, afirmou Benedito Torres durante a reunião. Segundo o coordenador das Promotorias de Justiça de Anápolis, Carlos Alexandre Marques, o projeto surpreendeu. “Agradecemos ao empenho da administração para, enfim, encontrar uma solução dessa questão que se arrasta há vários anos. Chegamos a ganhar área para construção e perdemos prazo para construir. O projeto vai além do que esperávamos, fomos positivamente surpreendidos”, afirmou.

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Geral

Palestra para adolescentes que cometeram delitos

07/12/2018

Ressignificação. A palavra que representa dar um novo sentido à vida foi a mais repetida no 1º Ciclo de Palestras Socioed...

CAPS Crescer vai emitir Carteira do Autista

07/12/2018

O CAPSi Crescer Anápolis soma às suas atividades regulares do dia 18 de dezembro, a emissão da Carteira de Identificação...

V Curso de primeiros socorros para os acadêmicos e alunos da UniATI

07/12/2018

“O tempo e a habilidade do socorrista é crucial no atendimento. Nossa missão é replicar conhecimento. Essa iniciativa é...

Trajetórias de vidas depois de passados 80 anos

07/12/2018

“Acima dos 80, rumo à velocidade da luz”. Este é o título do livro produzido pelo empresário anapolino Célio de Oliv...