(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Obra inacabada na Belém-Brasília gera transtornos à população

Infraestrutura Comentários 26 de janeiro de 2013

Obra no distrito causa grandes buracos, muita lama e poeira, deixando prejuízos aos comerciantes que trabalham na região


Garantir as condições de tráfego significa zelar pela segurança do pedestre. A construção do viaduto de Interlândia na BR-153, feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em parceria com a prefeitura de Anápolis, vem com este objetivo: melhorar o tráfego na perigosa via que corta o setor. Mas, infelizmente, a obra que foi iniciada assim que foi autorizada, passou por um longo período de estagnação. Com isso, muita poeira na seca e inundações no período chuvoso, por conta das chuvas, são verificadas por quem transita pelo local.
Além da obra do viaduto, no contrato está prevista a duplicação da rodovia entre o trevo de saída para Brasília, na região urbana do Município e o distrito de Interlândia, além da implantação de vias laterais, em um percurso de 20 quilômetros, duas passarelas e a iluminação do contorno. Com estas mudanças, os moradores se sentirão mais seguros e haverá uma série de outros benefícios para toda a população que ali reside.
O Subprefeito de Interlândia, José Nery, disse que algumas firmas que atuavam na obra, provocaram um enorme prejuízo, atrasando o cumprimento dos prazos. Com a situação regularizada, novas contratações já foram feitas, e muitas pessoas estão fichadas. Ele acrescenta que, atualmente, percebe-se uma situação problemática no local e que aguarda ansiosamente a finalização em breve.
Quem não está muito satisfeito com a demora na entrega da obra são os moradores e comerciantes do lugar. Muitos estabelecimentos comerciais do distrito ficam, exatamente, em frente à obra do viaduto, e os problemas são diários.
De acordo com Regina Oliveira, moradora do distrito, são vários os transtornos sofridos ao longo deste período de construção. “Nada fica limpo aqui, é muita poeira no ar. Começam as chuvas e com ela vêm os buracos na estrada. O número de acidentes aumenta devido aos caminhões que não diminuem a velocidade quando trafegam por aqui. Dias atrás, um senhor com necessidades especiais passava por aqui em seu triciclo, e acabou caindo em um buraco. No mesmo instante vinha um caminhão e quase o atropelou. Nós o socorremos”, relata.
Já para o comerciante, Valdir Rodrigues, o desvio feito na BR esta acarretando diversas dores de cabeça a todos que ali trabalham. Segundo ele, os operários estão trabalhando em época errada. “Eles trabalham no período da chuva. Por que no período da seca que podiam estar atuando para acabar logo, eles não estavam empenhados? Foi só começar a cair água que eles começaram novamente, ou seja, mais prejuízo ainda” disse. Nos dias de chuva a água transborda no local. “Recentemente houve o caso de um carro que flutuou aqui como uma canoa, pois alaga tudo, e isto é grave.”, comenta Valdir Rodrigues.
A reportagem do CONTEXTO tentou manter contato com alguns representantes do DNIT para o esclarecimento do assunto, mas não obteve resposta. Buscavam-se informações a respeito dos prazos para a entrega das obras. Informamente, fala-se que esse prazo está previsto para o mês de abril. Há, em todo o distrito e região de e abrangência, uma grande expectativa de que o trecho em obras seja liberado para o tráfego normal o quanto antes, tendo em vista a grande rotatividade de veículos de todos os portes que se verifica diuturnamente. A Rodovia Belém Brasília (BR 1563), que corta Interlândia pelo meio, é uma das mais movimentadas de todo o Centro Oeste.

Autor(a): Diego Bartelli

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Infraestrutura

Secretaria fiscaliza queda brusca de vazão no Ribeirão Piancó

28/09/2017

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos está encaminha...

Drenagem urbana é um grande desafio para a gestão pública

28/09/2017

Durante encontro com empresários na Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA), ocorrido na noite da última qu...

Plano para recuperar estradas

14/09/2017

Para dar garantias de que, no período chuvoso, as estradas vicinais estarão em boas condições de escoamento da produção...

Antigas erosões são combatidas em vários setores

31/08/2017

Enquanto vários projetos estão aguardando a aprovação junto ao governo federal, a Prefeitura de Anápolis, com recursos p...