(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

OAB - Anápolis: A vitória da sobriedade

Justiça Comentários 27 de novembro de 2009

Chapa encabeçada pelo atual presidente venceu as eleições na subseção da OAB em Anápolis com larga vantagem


Tendo à frente o advogado Antônio Heli de Oliveira, seu atual Presidente, a subseção da Ordem dos Advogados do Brasil realizou, na semana passada, as eleições para que fosse renovada a diretoria. A chapa OAB Forte, obteve praticamente o dobro de votos obtidos pela segunda colocada. Concorreram quatro chapas, encabeçadas, respectivamente, pelos causídicos Antônio Heli de Oliveira (reeleito com 315 votos); Jeová Viana Borges Júnior (que já foi presidente e obteve 193 votos), André Luiz Ignácio de Almeida (158 votos) e Talmon Pinheiro Lima (152 votos). Foi uma das eleições mais concorridas em toda a história da instituição em Anápolis, com a campanha, em determinados momentos, se assemelhando a uma disputa político/eleitoral.
Advogado experiente e com dois mandatos à frente da OAB - Anápolis, Antônio Heli chegou a surpreender a categoria por conta da facilidade com que venceu as eleições. Não muito afeito à mídia, preferindo realizar um trabalho silencioso, corpo-a-corpo, ele obteve uma vitória incontestável, mas disse que passado o pleito, “não há vencedores nem vencidos. Ganhou a democracia e foi feita a vontade da maioria dos advogados de Anápolis e região (dos 1.126 aptos, votaram mais de 800). Agora vamos juntar as forças, unir os propósitos e lutar pelo maior fortalecimento da categoria”, justificou.
Antônio Heli de Oliveira disse ao CONTEXTO que sua vitória pode ser explicada no compromisso que sempre teve com a profissão e com os companheiros. “Fiz duas administrações sem focar a promoção pessoal, gastei criteriosa e parcimoniosamente, cada centavo recolhido dos companheiros e consegui, sem falsa modéstia, alguns avanços importantes”, disse ele, enumerando, dentre outras coisas, a reforma do Clube da OAB (Centro de Cultura Esporte e Lazer), no Bairro de Lourdes, as melhorias das dependências destinadas aos advogados nos estabelecimentos forenses, o respeito aos profissionais do Direito e uma série de outras conquistas.

Futuro
De acordo com o advogado Antônio Heli de Oliveira, muitos outros desafios estão à frente da OAB de Anápolis. Ele enumera a construção do mini-fórum, na Vila Esperança, onde serão abrigadas as vertentes dos juizados especiais. “É uma obra do Governo, do Tribunal de Justiça, mas vamos acompanhar de perto, apresentar sugestões e cobrar agilidade na concretização. Afinal de contas, vai ser mais um espaço de trabalho para os advogados” alegou Antônio Heli. Ele disse mais que a subseção da OAB de Anápolis pretende, ainda, trabalhar para a implantação, na Comarca, das varas de Execuções Penais, Fazenda Pública Municipal e Sexta Cível, a fim de se obter maior celeridade na tramitação dos processos, assim como, buscar a união e o fortalecimento da categoria.
Mas, a principal meta da OAB de Anápolis é a construção de sua sede administrativa, em terreno já disponibilizado na Avenida Anderson Clayton. “Pretendemos, se Deus quiser, dotar a Ordem dos Advogados do Brasil em Anápolis de uma sede à altura da importância da cidade. Vamos lutar até o fim para isso”, concluiu Antônio Heli.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Justiça

Juiz propõe investimentos para produção e segurança

24/08/2017

O Juiz de Direito Mateus Milhomem de Sousa, titular do Primeiro Juizado Especial Criminal da Comarca de Anápolis, endereçou...

Juiz propõe investimentos para produção e segurança

24/08/2017

O Juiz de Direito Mateus Milhomem de Sousa, titular do Primeiro Juizado Especial Criminal da Comarca de Anápolis, endereçou...

Condenação de Lula repercute no meio político de Anápolis

13/07/2017

Sentença do Juiz Federal Sérgio Moro condenou a nove anos e seis meses o Ex-Presidente Lula, por crimes de corrupção pass...

Governo e DETRAN condenados a pagar indenizações

29/06/2017

O Estado de Goiás deverá pagar R$ 60 mil a Hérida Andrade Costa e a Karla Andrade Costa Lacombe, a título de indenizaçã...