(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

O pior gargalo do trânsito em Anápolis

Trânsito Comentários 27 de julho de 2012

Trecho que mede menos de um quilômetro é o mais problemático de toda a malha viária do setor urbano da Cidade. E, a solução não parece muito fácil


Único canal para escoar o trânsito de, aproximadamente, dez dos mais populosos bairros de Anápolis, a Avenida Pedro Ludovico, em seu trecho desde o Conjunto Nações Unidas até o ponto em que começa a ser duplicada, no acesso ao Jardim Calixto/Bairro Paraíso, é um suplício para os usuários constantes e os eventuais. O ponto mais crítico fica do trevo de acesso a Nerópolis, até o Residencial Porto Rico, que tem pouco mais de 600 metros de extensão, mas que recebe uma extraordinária carga de veículos de todos os portes, devido à densidade demográfica do setor, uma das mais carregadas de Anápolis. Só no Residencial Porto Rico são cerca de mil apartamentos, cujos proprietários, em sua maioria, possuem veículos. Naquele perímetro, a Avenida é de pista única, contendo, em ambas as margens, um variado conjunto de estabelecimentos comerciais de todo os portes, o que assegura um tráfego de veículos bem acima do normal.
Embora não haja um levantamento oficial, tem-se como certo que, pela Avenida Pedro Ludovico trafeguem mais veículos do que em vias mais conhecidas, como as avenidas Mato Grosso; JK; Presidente Kennedy, Tiradentes e outras que ligam, também, o centro da Cidade a bairros populosos. Para se ter uma ideia, além do Residencial Porto Rico, um dos maiores de Anápolis, servem-se da Avenida Pedro Ludovico bairros como Vila São Joaquim; Jardim Calixto; Vila Mariana; Bairro Paraíso; Novo Paraíso; Residencial Gibran; Residencial Morumbi; Vivian Park; Vila União; Residencial Laranjeiras, Residencial Copacabana (1.250 casas) e outros, constituindo, indiscutivelmente, um dos principais conglomerados urbanos de Anápolis. A agravante em tudo isso é que esses bairros só têm a Avenida Pedro Ludovico como via de escoamento. Não há alternativa, como ocorre em outras regiões da Cidade.

Saídas
O problema de escoamento do tráfego na Região da Avenida Pedro Ludovico não é recente. Ao longo dos anos ele desafia administrações seguidas. Ocorre que a solução é muito dispendiosa e dependeria, principalmente, da desapropriação de um grande número de imóveis para a duplicação da pista, coisa que a Prefeitura nem cogita em fazer, devido à falta de recursos financeiros. Já se falou, também, na abertura de uma avenida margeando o Ribeirão Antas, na divisa do Parque das Primaveras com o Residencial Pedro Ludovico, passando pelos fundos do Parque da Pecuária e do Central Park Onofre Quinan. Outra solução seria abrir-se uma avenida pelo meio do Parque das Nações, saindo na região do Conjunto IAPC, proximidades do Estádio “Zeca Puglise”. Mas, em que pese o elenco de ideias, faltam recursos para as obras pretendidas.
Fala-se, ainda, na criação de uma rota alternativa a partir do Residencial Morumbi, cortando a região do Parque Ambiental que está sendo formado ao longo da Ferrovia Norte Sul, acessando a Avenida Brasil, na altura do Bairro São João.
Todavia, enquanto isto não ocorre, a população que é obrigada a trafegar, diariamente, pela Avenida Pedro Ludovico, sofre o drama dos retardamentos, da multiplicação de acidentes e do desconforto causado pelo acúmulo de carros, caminhões, ônibus, motocicletas e outros veículos, que se multiplicam em velocidade espantosa naquela região de Anápolis. Outra agravante é o fato de estar às margens da Avenida Pedro Ludovico, o Cemitério Parque, o maior de Anápolis, onde acontecem vários sepultamentos ao dia. E quando isso ocorre, por contra dos féretros, o trânsito que já é lento, fica mais lento ainda, aumentando os problemas dos usuários da citada via. Um grande desafio para as futuras administrações.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Trânsito

Estacionamento de veículos em calçadas será regulamentado

10/08/2017

O uso de calçadas para estacionamento de veículos vai ser regulamentado em Anápolis, através de um capítulo específico ...

Carteira eletrônica

27/07/2017

A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) foi aprovada na última terça-feira,25, em reunião do Conselho Nac...

DETRAN tem 35 novos serviços

13/07/2017

O total de 35 novos serviços serão disponibilizados pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), até o f...

Projeto Vida no Trânsito será implantado no Município

29/06/2017

Reduzir o número de vítimas – mortos e feridos - em decorrência de acidentes de trânsito é o principal objetivo do pro...