(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

O lado da economia agrícola do Município que poucos conhecem

Cidade Comentários 29 de agosto de 2014

Alimentos sem produtos químicos ganham espaço na mesa do consumidor e pequenos produtores buscam apoio para entrar no mercado


Produtos orgânicos, também conhecidos como produtos familiares, estão mais presentes na mesa do brasileiro. O motivo é a conscientização sobre o mal que as culturas onde são usados agrotóxicos podem causar à saúde do consumidor. Em Anápolis, esse tipo de alimento saudável tem ganhado força com a ajuda da Escola Agrícola “Senador Marcos Freire”, que oferece apoio para o produtor que deseja entrar nesse mercado.
Há cerca de cinco anos foi criado um projeto de sistema agroecológico na Escola. Paralelamente nasceu, também, a Associação dos Produtores Agroecológicos de Anápolis e Região (Aproar). A parceria entre os dois fez surgir um mercado que já começa a se expandir, garantindo renda, empregos e produtos de qualidade nas prateleiras dos supermercados da Cidade.
Muitos dos produtores associados já estão certificados e podem comercializar seus produtos. É o que acontece com o casal Daniela e Sandro Moura, que investiu nesse mercado há cerca de três anos e, hoje, distribui em nove supermercados, em Anápolis, as folhagens que cultivam e que levam a marca “O Natural”.
Na propriedade rural do casal não entra agrotóxico. São cultivados mais de 16 itens entre alface; cheiro verde, espinafres, etc. Tudo, absolutamente, natural. Todos os insumos necessários são produzidos por eles com esterco e restos vegetais. Além disso, ainda são geradores de emprego. Atualmente, contam com a ajuda de seis trabalhadores na horta e mais um entregador.
Daniela garante que está muito satisfeita com o resultado. Ela e o marido nasceram no ambiente rural, mas conseguiram desenvolver ainda mais suas habilidades com o apoio da Escola Agrícola de Anápolis. “Estamos satisfeitos com os resultados. A Escola nos dá um apoio muito grande. Encontramos várias dificuldades no caminho, mas aqui também temos muita ajuda”, disse.

Projetos
A Escola Agrícola de Anápolis oferece cursos e palestras, entre outras atividades. O objetivo, segundo o Diretor de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Município, Álvaro Gonçalo Rodrigues, é promover e difundir técnicas entre os pequenos produtores de Anápolis e região.
Atualmente, está em andamento um projeto em parceria com o Banco do Brasil e SEBRAE que trouxe para Anápolis um novo modelo de horta e um galinheiro sustentável. Cerca de 30 pequenos agricultores participaram de um curso e, agora, começam a receber kits para poder implantar as técnicas aprendidas nas suas terras. O kit é composto por mais de 100 itens entre caixa d’água, sementes, tela, madeira, dentre inúmeros outros. “Tudo que o produtor precisa para começar. Estamos iniciando as montagens, um já foi montado em Goialândia nesta semana”, apontou Álvaro.
Além disso, a Escola, também, tem outros cursos voltados para a construção de uma estufa sustentável, com valor bem abaixo do preço convencional. E, técnicas para que o agricultor aprenda a fazer a partir dos recursos de sua propriedade controle de pragas, adubo e biofertilizante.
Para Álvaro o mercado é promissor. “Cada dia mais, as pessoas buscam produtos sem agrotóxicos e a produção ainda não é grande o suficiente”, disse. Segundo ele, outros projetos da Escola Agrícola estão em estudos para difundir, ainda mais, a ideia da agroecologia como, por exemplo, uma feira de produtos orgânicos.

Autor(a): Wanessa Mereb

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Prefeitura inicia desassoreamento do lago do Parque

20/09/2018

Recuperado na gestão do Prefeito Roberto Naves, o Central Parque da Juventude Onofre Quinan voltou a receber melhorias. Nest...

Multas por infrações no trânsito têm redução em mais de 15 por cento

14/09/2018

As multas por infrações no trânsito em Anápolis caíram mais de 15% de janeiro a agosto deste ano, na comparação com o ...

Humanização do atendimento é meta de programa inovador

06/09/2018

Uma cólica renal levou Leila Evangelista, 49, pela primeira vez à Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h. No caminho pen...

Milhares de visitantes são esperados no dia dos Portões Abertos na ALA 2

06/09/2018

Neste sábado, 08, das 9h às 17h, a Ala 2 (Base da Aérea de Anápolis), irá abrir as suas instalações para mais uma edi...