(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Novos eixos de comércio e serviços

Cidade Comentários 28 de julho de 2011

O anapolino tem, hoje, muitas opções para fazer compras ou utilizar serviços bancários. Em alguns setores da Cidade, é bastante visível essa “nova cara” de Anápolis


Os setores de comércio e prestação de serviços em Anápolis têm passado por uma espécie de mudança de concepção. Há pouco mais de uma década, quem precisava fazer compras ou ir ao banco, inevitavelmente, teria que se deslocar até o centro da Cidade. Mas, aí, vieram os shoppings, as grandes redes de supermercados e as lojas de grife. Com isso, o panorama foi, aos poucos, se transformando. Muito embora, o comércio central não tenha perdido a sua atratividade. Muito pelo contrário, foram criados alguns cenários novos, como as grandes redes varejistas de eletroeletrônicos que se multiplicaram na região central e acabam atraindo muita gente.
Mas quem fizer um passeio pela Vila Jaiara, por exemplo, vai perceber que aquela região possui uma rede de comércio e serviços bem dinâmica, desobrigando os moradores de se deslocarem ao centro, ao menos, é claro, por vontade própria. A Avenida Mato Grosso também se tornou um centro comercial, porém, com foco para as chamadas lojas de artigos populares.
No entanto, é no Bairro Jundiaí, considerado um dos setores nobres de Anápolis, que a expansão do comércio e serviços está mais visível. A região, que não é distante do centro, mas é densamente habitada, conta com grandes supermercados, muitos bares e restaurantes, lojas de roupas, de informática e oito bancos nas proximidades da Praça Dom Emanuel: Caixa Econômica, Banco do Brasil, Bradesco, HSBC, Unicred, Santander e Itaú. Já há quem prefira sair do centro ou de outros bairros, para buscarem estes serviços no Jundiaí, que é um bairro antigo e tradicional.
A tendência, pelo que se percebe, é que cada vez mais, o comércio busque alternativas diferentes. Para quem não acreditava que os shopping centers seriam uma realidade na Cidade, basta ir a um deles para conferir a movimentação. Mudanças de hábitos e costumes, mudanças de locais, enfim, o Município vai transformando-se e se moldando a uma nova realidade. Que venham boas surpresas.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Prefeitura vai homologar lista de projetos aprovados

19/01/2018

A lista de projetos aprovados para realização com recursos do Fundo Municipal de Cultura foi divulgada no dia 15, mas a hom...

SENAI/Anápolis troca diretoria e anuncia novos projetos

19/01/2018

A Fieg Regional Anápolis, sob a presidência do empresário Wilson de Oliveira, realizou na última segunda-feira 15, a prim...

Obra do segundo viaduto segue, mas ainda sem a data de entrega

19/01/2018

Aproveitando a trégua dada pelas chuvas, a empresa JOFEGE, responsável pela execução do projeto de mobilidade urbana, que...

Repasses encolheram R$ 38 milhões

19/01/2018

As transferências da União para Anápolis registraram uma queda de 14,12% no ano de 2017, em relação a 2016, conforme lev...