(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Novo sistema de atendimento será implantado na rede municipal

Saúde Comentários 09 de novembro de 2012

Objetivo é fazer com que os pacientes recebam assistência nas unidades de saúde, conforme um protocolo de classificação de risco


A Secretaria Municipal de Saúde irá adotar um novo modelo para atendimento nos serviços de urgência e emergência. Para isso, nesta sexta-feira, 09, profissionais da área - médicos e enfermeiros - estarão participando da capacitação denominada Humaniza SUS.
A capacitação tem como objetivo inserir o protocolo de classificação de risco que será adotado pelo município. Por meio do curso, os profissionais terão discernimento para definir o tempo que cada paciente poderá esperar, antes de receber o atendimento.
O protocolo de classificação de risco funcionará da seguinte forma: ao chegar à unidade o paciente passará por uma triagem e irá receber uma ficha com uma cor, o novo sistema de atendimento agrega cinco cores. O vermelho significa emergência e a pessoa deve ser atendida na mesma hora; laranja, que representa muita urgência e o tempo de espera é de no máximo 10 minutos; amarelo, são casos urgentes em que a pessoa pode esperar até 60 minutos; verde, quer dizer pouca urgência onde o paciente pode esperar 120 minutos e, por fim, a cor azul, em que a pessoa deve aguardar o atendimento ou procurar uma unidade de Estratégia de Saúde da Família por não apresentar nenhuma urgência.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Combate à “farra” dos cartões do SUS

17/01/2019

O Prefeito Roberto Naves anunciou que deverá enviar uma equipe técnica para conhecer o modelo de gestão de uma espécie de...

Secretário Municipal de Saúde faz “raio-x” nas unidades ligadas ao setor

17/01/2019

Avaliar de perto a realidade de cada uma das unidades da rede municipal e fiscalizar a prestação de serviços ao cidadão. ...

Crise na Saúde - Municípios estão em dificuldades sem os repasses do Estado

10/01/2019

De acordo com o Atlas da Eficiência da Educação (versão 2018) em Goiás, a gestão da educação em 213 municípios (93% ...

Verba para equipamentos na odontologia municipal

10/01/2019

Devido ao trabalho executado na área de saúde bucal, inclusive com a criação de 12 novas equipes em dois anos, a Prefeitu...