(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Novo contrato com a Saneago provoca debates

Geral Comentários 21 de junho de 2018

Entendimento é que deve haver uma discussão maior sobre as mudanças no relacionamento da empresa com o Município


Conforme noticiou o Jornal CONTEXTO, em sua última edição, um projeto em tramitação na Câmara Municipal abre caminho para que o Município possa celebrar com a Saneago, uma espécie de contrato de gestão compartilhada de água e esgoto. A matéria tem suscitado muito debate na Casa, onde a proposta ainda tranita nas comissões técnicas, sem um prazo ainda definido para que ocorra a votação em plenário. O que, no entanto, deve ocorrer em breve, em razão de que a proposta está atrelada a um financiamento de mais de R$ 120 milhões para investimento no setor, que tem prazo para ser consolidado.
Líder da oposição, o Vereador Antônio Gomide (PT), acredita que o debate se faz necessário. Segundo ele, a Saneago tem acenado que, ao longo dos últimos 45 anos, que só ela tem feito investimentos no Município sem, no entanto, destacar os vultosos valores que arrecadou no período e. Inclusive, foram direcionados a investimentos em outros municípios.
“A empresa age como se o que ela recebeu aqui e aplicou aqui fosse dela. É importante entender o que é uma concessão. Se fizermos o encontro de contas do que ela recebeu em 45 anos, tem o suficiente pelo que ela pagou. O restante é da cidade”, pontuou o petista.
O vereador Lélio Alvarenga (PSC) enfatizou que no bojo da renovação estaria uma ampliação do contrato por mais 30 anos e lembrou que o Governo Estadual conclui seu mandato este ano e, ao se firmar metas, diz, “elas podem não ser cumpridas”.
Para o parlamentar, a análise da mudança deve ser feita levando-se em conta a população. “As tarifas públicas estão cada vez mais caras. Quem ganha salário mínimo mal dá conta de pagar água, luz e IPTU. Portanto, precisamos melhorar a vida para essas pessoas”, defendeu Lélio Alvarenga.
Ainda sobre a questão, o Vereador Domingos Paula (PV) disse que, ao fazer o debate, os vereadores não devem confundir a população. “Não é hora de falar em cobrança de tarifa porque o debate não é esse. Claro que as pessoas pagam suas contas de água, principalmente a parcela mais carente. Porém, agora o que está aberto é o debate sobre a renovação do contrato com a Saneago”, ponderou.
O líder do Prefeito na Casa, Vereador Jakson Charles, informou que já pediu à Mesa Diretora, a realização de uma audiência pública no dia 25 próximo, a partir das 9h30, no Plenário Teotônio Vilela, para discutir a propositura. “Todas as opiniões, ainda que sem caráter deliberativo, possuem devida importância e devem ser levadas em conta no processo de tomada de decisões. Com a audiência pública, os cidadãos contam com o direito à palavra e podem ser ouvidos por seus colegas e também por aqueles que detêm o poder de decisão”, defendeu o parlamentar.
Já o Vereado Luiz Lacerda (PT), foi mais incisivo na abordagem do projeto. Ele diz que o problema maior não é a proposta, em si, mas a Saneago, que na sua opinião, “não respeita Anápolis”.
“Todos os presidentes da Saneago passaram por aqui prometendo solução, que é prometida há mais de 20 anos. O prefeito Roberto é só mais um lutando para resolver o problema da água na cidade. E a Saneago não tem um pingo de respeito com Anápolis”, disparou Luiz Lacerda.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...