(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Nova empresa assume lugar da Delta na limpeza urbana

Geral Comentários 07 de julho de 2012

Em nota oficial encaminhada à imprensa, Prefeitura anunciou que o serviço de limpeza e coleta do lixo urbano será realizado, a partir da próxima semana, pela empresa GC Ambiental, que já atuou na Cidade


Anápolis terá, a partir da próxima terça-feira, 10, uma nova empresa para realizar os serviços de limpeza urbana, coleta e tratamento de lixo na cidade. Em nota à imprensa divulgada na manhã de quinta-feira, 05, a Administração Municipal divulgou anunciou que, em virtude de recomendação do Ministério Público Federal, a Delta Construções S/A, deixará de operar na Cidade. O Consórcio GC Ambiental, segundo colocado na licitação realizada em 2009 e que já realizou esse serviço, vai voltar a desenvolvê-lo.
Ainda, de acordo com a nota divulgada, a Prefeitura afirma que “a transição não acarretará nenhum prejuízo ao andamento dos serviços, uma vez que, na rescisão do contrato, foi estipulado um prazo de 10 dias para as providências operacionais; financeiras; trabalhistas, administrativas e jurídicas. Além disso, a Prefeitura recomendou à GC Ambiental que seja feita a recontratação de todos os empregados, garantindo, assim, a continuidade das operações de limpeza e a ocupação destes trabalhadores”.
Na última edição, o CONTEXTO trouxe uma matéria adiantando que o Governo Municipal já admitia a possibilidade do rompimento do contrato com a Delta, que entrou em processo de recuperação judicial em todo o País. O problema se agravou depois de denúncias dando conta de que a empresa teria utilizado documentos fraudados para ganhar licitação no Estado do Tocantins, o que poderia ter ocorrido, também, em relação a Anápolis, porém, ainda não comprovado.
No dia 12 de junho último, o ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, declarou a empresa Delta Construções S/A inidônea para contratar com a Administração Pública. A empresa está no “olho do furacão” da CPMI do Congresso Nacional (criada em 19 de abril), que investiga a relação do contraventor Carlinhos Cachoeira com agentes políticos e empresas. Cachoeira foi preso na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, em 29 de fevereiro. Segundo as investigações, a Delta teria ligações com o esquema do contraventor.
Em Anápolis, a Delta Construções iniciou o serviço de limpeza urbana, coleta e tratamento de lixo no dia 8 de fevereiro de 2010. No ano anterior, ela participou de um processo de licitação, que teve a presença de 15 concorrentes. O resultado do certame, que deu a empresa como vencedora, chegou a ser contestado, mas a Delta conseguiu reverter e celebrou o contrato com validade de cinco anos, no valor de R$ 101 milhões. Na época, houve um deságio de pouco mais de 30%.
A Delta era, também, responsável pela administração do Aterro Sanitário, que é considerado modelo no País, implantado com recursos na ordem de R$ 1,3 milhão. Quando se fez o lançamento da ordem de serviço para o início das obras, no dia 7 de junho de 2010, esteve presente à solenidade o então diretor da Delta no Centro-Oeste, Cláudio Abreu, também preso na Operação Monte Carlo.

Histórico
Desde o final da década de 80, o serviço de varrição e coleta dos resíduos urbanos (lixo doméstico) em Anápolis é feito de forma terceirizada. Antes, a atividades era desenvolvida pela então Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. Desgastada devido a constantes greves de trabalhadores e outros distúrbios, além da precariedade do serviço e, ainda, com a dificuldade de se manterem os grupos de trabalhadores, a Prefeitura foi, aos poucos, desativando esse serviço, passando-o à iniciativa privada. Desde então, quatro empresas já foram contratadas para a realização do serviço: Transportadora Ferreira; Queiroz Galvão, Look e GC Ambiental.

Serviços que eram desenvolvidos pela Delta

Varrição manual e mecanizada
Coletas domiciliar e hospitalar
Operação do aterro sanitário
Destinação final dos resíduos dos serviços de saúde
Varrição e desinfecção das feiras livres
Coleta seletiva
Poda de grama e de árvores
Roçagem mecanizada, capina e raspagem de sarjetas
Remoção de entulhos
Instalação de contêineres de lixo

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...