(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Notificações de dengue e suas complicações caem em Anápolis

Saúde Comentários 20 de setembro de 2018

Dados da Secretaria Estadual de Saúde, apontam que o número de notificações, até agora, já é o menor dos últimos cinco anos


Anápolis, segundo dados do boletim epidemiológico da dengue divulgado pela secretaria estadual da Saúde (SES-GO), está na sétima posição entre os municípios goianos com maior número de casos notificados da doença até a semana 37, que compreende o período de 31 de dezembro de 2017 a 15 de setembro de 2018. Está atrás de Trindade, Rio Verde, Senador Canedo, Jataí, Aparecida de Goiânia e Goiânia. Conforme o levantamento, até agora, são 2.863 registros de dengue. É o número mais baixo, nos últimos cinco anos.
Em comparação com a semana 37 de 2017, o número de notificações teve uma redução de 5,88%. No ano pasasado, foram 3.042 notificações no período avaliado. Agora, comparando com a semana 37 de 2016 é que, de fato, dá para se ter uma dimensão melhor do diferencial que o trabalho preventivo tem feito. Naquele ano, Anápolis ocupava a segunda posição no ranking goiano de casos notificados de dengue, com 14.905 registros. Na comparação com 2018, a queda de notificações foi de 80,79%.
Mais importante ainda: em 2016, o número de óbitos confirmados no boletim epidemiológico da SES-GO, chegou a 07. No ano seguinte, caiu para 01 e este ano, permanece apenas 01 caso confirmado de óbito por dengue e suas complicações. Há dois casos que ainda estão sob investigação.
Em Goiás, a situação se inverte um pouco do quadro registrado em Anápolis. Este ano, foram foram 86.984 notificações de casos de dengue, até a semana 37. No mesmo período, no ano passado, foram 78.906. Portanto, uma diferença a maior de 10,24%. O número de óbitos por dengue e seus complicações também subiu de 51 registros oficiais em 2017, para 57 registros este ano, no mesmo período.
Goiânia é o município com maior número de notificações de dengue: 25.284, seguido por Aparecida de Goiânia (12.379); Jataí (4.926); Senador Canedo (3.977); Rio Verde (3.659); Trindade (3.075); Anápolis (2.863); Mineiros (2.196); São Simão (1.470) e Posse (1.241).
Na semana 37, conforme o boletim da SES-GO, 241 municípios – entre eles Anápolis - estão classificados na área de Baixo Risco; 03 estão classificados na área de Médio Risco e apenas 02, encontram-se na classificação de Alto Risco.Números da Dengue em Anápolis

2018
2.863 notificações
01 óbito

2017
3.042 notificações
01 óbito

2016
14.905 notificações
07 óbitos

2015
9.690 notificações
03 óbitos

2014
7.051 notificações
03 óbitos

2013
7.942 notificações
03 óbitos

Semana 37 (2013-2018)
Fonte: SES-GO

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Dor de cabeça pode ser motivada por abuso de analgésico

18/10/2018

Um tipo de cefaleia desconhecida pela população, mas cada vez mais frequente nos consultórios médicos, é a dor de cabeç...

Alunos da Rede Municipal colaboram nas informações contra o Aedes aegypti

18/10/2018

Reduzir ainda mais os casos de dengue em Anápolis, que já tiveram uma queda de 86% nos últimos dois anos é o objetivo da ...

Agentes do Estado se mobilizam no combate ao mosquito da dengue

18/10/2018

Começou na última quarta-feira, 17, a vistoria dos imóveis residenciais e comerciais de todo o Estado, por equipes de agen...

Alunos e professores da UEG discutem alimentação saudável

18/10/2018

A Coordenação de Desenvolvimento Humano da Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Universidade Es...