(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Notas Gerais - Ed. 387

Causos de Polícia Comentários 11 de outubro de 2012

Notas Gerais


Trágico encontro
Fernando e Dinair são proprietários de motocicletas Honda, ambas de cor vermelha. A de Fernando é 125. A de Dinair é 150. Esta semana os dois se chocaram na Avenida Brasil Sul. A batida foi forte e Fernando foi levado para o Hospital de Urgências em estado grave. Dinair, também, se feriu e foi levado para o Hospital Municipal. O Sargento Sinvaldo cuidou da ocorrência.
Cara de pau
Rayane trabalha como vendedora de plano de seguro funerário. Esta semana ela ofereceu o referido plano para um tal Cristiano, que, além de não comprar, ainda dirigiu alguns gracejos e vários palavrões a ela. Rayane chamou o Sargento Mozart e este compareceu. Mas, o engraçadinho do Cristiano deu no pé. Foi no Vivian Park.
Casos de família
Maria Divina chamou o Sargento Elmin e o Soldado Serafim, no Vale das Laranjeiras. E contou o seu drama: Disse que cuida de dois netos e que esta semana chegou em sua residência um casal desconhecido e, exibindo um documento da Justiça (mandado de busca e apreensão) da Vara de Família e levaram os meninos. Os militares disseram a ela que era ordem judicial e que se ela não concordasse, precisava de um advogado. Foi o que ela disse que iria fazer.
Encabulado
Era pouco mais de seis da tarde, quando Valdomiro, morador no Calixtópolis, contou ao Soldado Boaventura que chegou em casa e foi logo dando falta de sua TV 50 polegadas. Viu, também, que uma das janelas estava arrombada, deduzindo que o aparelho tivesse passado por lá. Só ficou encabulado porque a TV é bem grande e a janela nem tanto. Para ele, foi “uma mágica”. Ficou no prejuízo.

Deu azar
Cassiano é carreteiro. Trabalha com um Scania e mora no Jardim Alvorada. No domingo à noite ele chegou e estacionou o caminhão em frente à sua casa. Foi dormir. No dia seguinte, a surpresa. Haviam levado a grade de proteção do radiador e os faróis de milha. Ele disse ao Cabo Seir que não desconfia de ninguém, mas admitiu que foi serviço de profissional. “Ladrão pé de chinelo não dá conta de tirar a grade”, disse conformado.
Caso de amor
Athos e Danúbia têm um caso de amor. Aliás, de amor e ódio. Moram no Santo Antônio. Esta semana ela chamou o Cabo Rosonei e o soldado Rabelo, dizendo que estava “entrando na taca”. Os policiais chegaram em cima da hora. Athos não gostou da interferência dizendo que “em briga de marido e mulher, não se mete a colher”. Mas, os militares não concordaram e disseram que ninguém tem o direito de espancar ninguém. Athos enfureceu-se mais ainda e partiu para cima dos militares. Não deu pra ele. Foi todo mundo parar na delegacia. Athos algemado. Chegando lá, aconteceu o que acontece na maioria dos casos. Danúbia disse que não queria representar contra o amor de sua vida e que iria dar “mais uma chance” a ele. Fazer o quê?

Um limpa
José Ricardo mora no JK Nova Capital. Esta semana ele chegou em casa e viu que a mesma havia sido arrombada. Entrou no maior desespero e viu que levaram, dentre outras coisas, uma TV 32 polegadas; um note book, uma máquina de lavar roupas, um Playstation e duas jaquetas de couro. Mas, ele ficou chateado, mesmo, foi quando descobriu que os ladrões levaram toda a carne que estava guarda no freezer, com a qual pretendia fazer um churrasco no final de semana. Os vizinhos disseram ter visto um Pálio branco parado em frente à casa de José Ricardo. Os soldados Batista e Wesley foram atender a esta ocorrência.

Maldade
Arrombaram a casa da Rosemeire, também, no JK Nova Capital. Foi no começo da noite e ela chamou os soldados Boaventura e Geziel. A vítima ficou sem uma máquina de lavar roupas; um bebedouro; uma sanduicheira; três aparelhos de telefone celular; um forno microondas várias peças de roupas e um par de óculos. Ela foi orientada a prestar queixa no distrito policial do setor.

Fim do mundo
O mundo está mudado mesmo. Agora é filho que ameaça corrigir a mãe. Marcilene disse ao Sargento Bueno e ao Soldado Paulo Roberto que seu filho Douglas a ameaçou de espancamento e morte, se ela não terminar o namoro com o amásio. Disse mais que vai matar o casal. Ela está apavorada e foi orientada a procurar a Delegacia de Defesa da Mulher. O Douglas foi chamado para prestar esclarecimentos.

Mãos ao alto
O Sargento Carlito e o Soldado Martins foram chamados com urgência a um posto de gasolina que fica no setor Santa Clara. É que o estabelecimento acabara de ser assaltado. O segurança, de nome Eurípedes, disse que duas frentistas foram abordadas por dois elementos armados ocupando uma moto vermelha. Os bandidos levaram 839 reais em dinheiro vivo e desapareceram no meio da tarde.

Que confusão!
Hely, que é vizinho de Cristiane, disse que iria tocar fogo na casa que ela aluga de Nara. Moram todos no mesmo terreno. Foi o que Marcos, também vizinho, disse aos soldados João Batista e Wesley, que chegaram para acalmar os ânimos. Isto no Bairro de Lourdes. Hely ficou bravo e encarou os PM’s. Foi algemado e levado à delegacia.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...