(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Notas Gerais - Ed. 371

Causos de Polícia Comentários 22 de junho de 2012

Notas Gerais


Dois em um
O Sargento Malheiros e o Soldado Luciano estavam patrulhando a região do Vale das Laranjeiras. De repente, surgiu Danni Doca, afirmando que acabara de ver um casal suspeito (um homem não identificado e uma mulher que a vítima diz chamar-se Rose), que saiu correndo. Danni entrou em casa e viu que haviam levado um edredom avaliado em R$ 500. Isto, antes das 10 da manhã. Algum tempo depois, os militares foram abordados por João de Souza. Este, contou que havia deparado com o mesmo casal nas proximidades de um matagal. Os policiais correram até lá, realizaram um patrulhamento e encontraram quatro autofalantes que estavam escondidos. O casal sumiu. Ninguém sabe, ninguém viu... Dizem que ambos são conhecidos no local e, um dia, caem.

Roubo a Maria
Maria Adelícia foi a um supermercado no centro da Cidade. Fez as compras, pagou, apanhou uma sacola que havia deixado no guarda-volumes e foi tomar um lanche. Na hora de pagar o referido lanche, ela não achou a carteira. Chamou a Polícia. O Sargento Braquiel e o Soldado Dimitri foram ao local. Verificaram as filmagens da câmera de segurança do supermercado e não viram ninguém mexer na bolsa de Maria. Ela ficou desconsolada e não parou de reclamar. E, com razão. Fazer o quê?

Folgadão
Sem nada útil para fazer, Rubens Souza, 35 anos, decidiu furtar os passageiros do Terminal Urbano. E a primeira vítima foi Lucélia. O acusado, sem que a mulher percebesse, subtraiu um aparelho celular que estava na sua bolsa. Ela não viu, mas os seguranças do Terminal viram. E, chamaram a Polícia. Quando o Cabo Almeida e o Soldado Celimar chegaram, o Rubens já estava dominado pelos seguranças Moacir e Roberto. Levaram o Rubens preso, em flagrante, para a Delegacia do Primeiro DP.

Briga de mulheres
T. de 16 anos e Regiane, 33 anos, estavam dando uma surra em T. 15 anos. Isto às sete da noite, na Vila Mariana. Os vizinhos chamaram a Polícia. Lá compareceram o Sargento Martins e os soldados Marinho e Ramos Júnior. Decidiram levar todo mundo para a delegacia para que o delegado de plantão encontrasse uma solução para o caso.

Assaltada
Daiana vinha do serviço às oito da noite, quando foi abordada por dois elementos em uma moto. Eram assaltantes e levaram dela a bolsa, um celular e uma pequena quantia em dinheiro. Feito o “serviço” a dupla evadiu-se, deixando a vítima sem lenço e sem documento. Esse tipo de crime virou lugar comum em Anápolis.

Ousadia
Cintya trabalha em um instituto no Bairro Jundiaí. No dia 19, terça-feira, uma e meia da tarde, chegou ao local um elemento que ele pensou ser cliente. Não era. Tratava-se de um assaltante. Trajando bermuda, camiseta de cor preta e com uma baita faca na mão, ele jogou um copo d’água na moça e apanhou todo o dinheiro que estava no caixa, aproximadamente R$ 2.300, mais um cheque no valor de R$ 79 e desapareceu. Apavorada, ela chamou a Polícia e foi atendida pelos soldados J. Batista e Porto. O bandidão desapareceu. Os policiais fizeram uma varredura na região, sem sucesso.

Quase morre
Sidney Souza, velho conhecido da Polícia, quase encontra a morte. Ele disse que estava chegando em casa, no Bairro de Lourdes, às sete da noite do dia 19, quando ‘Jefinho’ e Caio, seus desafetos, se aproximaram, numa motocicleta de cor preta, lhe apontaram uma escopeta (calibre 36, cano serrado) e mandaram fogo. Por sorte o tiro acertou-lhe, apenas, o calcanhar. Ele correu para um lado e os autores para o outro. O Soldado Everton foi ao local e registrou o acontecido. Esse caso, dizem, vai ter desdobramentos.

No caminhão
Ricardo Gomes é caminhoneiro e corta o País de ponta a ponta, levando o progresso. Mas, Willian é, justamente, o contrário: gosta de apanhar coisas alheias. Seis da tarde do dia 19, e, Ricardo encostou seu veículo em um posto de abastecimento no Bairro São João, para resolver alguns problemas. Willian que estava por perto, achou por bem fazer “uma visita” à cabine e voltou de lá com o aparelho celular do dono do caminhão. Mas, foi visto por populares que deram o tradicional grito: “Pega ladrão!!!”. E não é que pegaram o tal Willian? Quando o Soldado Santana chegou, só teve o trabalho de algemá-lo, colocá-lo na viatura e levá-lo para conversar com o delegado de plantão.

Aprontando
Meia noite e meia do dia 19 e Glauco, depois de “tomar todas” estava em atitude suspeita na Avenida Independência, Bairro Flamboyant. E, por lá, passava a viatura comandada pelo Sargento De Sá. Feita a abordagem, verificou-se que Glauco estava bêbado e a caminhoneta com a documentação atrasada. Resultado: Ele preso e o carro apreendido. Para sair, pagou fiança. Para liberar o carro, pagou os impostos atrasados.

Encrenca
Josafá e Amadeu eram amigos e vizinhos de muro. Mas, de uns meses para cá, a coisa azedou entre ambos. Tudo por conta de Bin Laden. Que vem a ser um cachorro vira-latas de propriedade de Amadeu, que late a noite inteira. Josafá foi reclamar e recebeu desaforos. Devolveu na mesma medida. Falaram, até, em troca de tiros. Orminda e Celeste, esposas de Josafá e Amadeu, respectivamente, mandaram os dois se curarem da cachaça. Aconteceu na Vila Fabril. O policial Batista, que mora próximo, aconselhou aos brigões a que colocassem um fim nessa bobagem. Vão acatar?

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...