(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Notas Gerais - Ed. 367

Causos de Polícia Comentários 25 de maio de 2012

Notas Gerais


Mulheres brigonas
Venilde, de 46 anos, estava tomando umas e outras na companhia de Juliana, 23 anos. Em determinado momento, as duas começaram a se desentender e se atracaram, rolando pelo chão, arrancando os cabelos uma da outra. Foi preciso chamar a Polícia e o Cabo
Malheiros, juntamente com o Soldado Marcos Pereira foram ao local (Bairro São Joaquim) conduzindo as brigonas para o Plantão Policial. Lá, ambas deram suas versões para o ocorrido e assinaram os devidos termos de compromisso diante da lei. Voltaram para casa, ainda meio tontas.

Lote à meia?
Enivaldo comprou um lote no Parque Calixtópolis, pensando construir uma casinha no futuro. Outro que pensou a mesma coisa foi Divino. Só que, no lote de Enivaldo, isto sem pedir autorização ao dono. Esta semana, Enivaldo foi ao local e viu a obra. Não pensou duas vezes: Chamou a Polícia. Ambos pegaram uma carona com o Cabo Malheiros e o Soldado Marcos Pereira até à Delegacia Geral, onde se explicaram ao delegado de plantão.

Bala na perna
Pedro Henrique foi procurar ajuda no Hospital Municipal, pois estava com um ferimento à bala na perna. Mas, quando lá chegou, foi interceptado pelos soldados Clodoaldo e Boaventura que indagaram o que havia acontecido. Pedro disse que, no dia anterior, dois homens em uma moto Bizz, o abordaram e mandaram bala. Isto aconteceu no Bairro São Lourenço. Foi enviado à Delegacia para se explicar melhor o que, de fato, aconteceu.

Clínica assaltada
Era quase onze da noite quando o Sargento Santiago e o Soldado Celismar foram chamados a uma clínica na Travessa Alarcão, centro da Cidade. Luiz Alberto, o proprietário, disse que alguém entrara no estabelecimento e levara um aparelho de TV 32 polegadas. Foi orientado a registrar um BO, já que encontrar o marginal e prendê-lo em flagrante era tarefa quase impossível àquela hora.

Cadê o botijão?
Suede chegou em casa na noite de 21 de maio pensando em fazer uma jantinha e ir para a cama. Mas, quando entrou na cozinha, viu que o botijão de gás não estava lá. Alguém, maldosamente, levou o equipamento e Suede ficou no prejuízo. Chamou a RP e contou ao Sargento Martins e ao Soldado Marinho o que havia acontecido. No outro dia, desconsolado pela perda que sofrera levantou-se e foi procurar um botijão para comprar, ali mesmo, na região.

Assaltado
Roberto tem um pequeno comércio na Rua dos Chineses, Jardim Alvorada. Quase dez da noite, chegaram dois indivíduos em uma moto de cor preta. Roberto animou-se, pensando serem clientes. Que nada! Eram assaltantes. Levaram R$ 187,00 a féria do dia e sumiram na escuridão. O Cabo Uílton chegou ao local assim que foi chamado, mas não teve como localizar os bandidos. Roberto disse que ficou surpreso com a frieza dos assaltantes.

Sem a TV
Outro que ficou sem um aparelho de TV Plasma de 32 polegadas foi Marcelo, dono de uma clínica na Avenida Santos Dumont, Bairro Jundiaí, setor nobre da Cidade. Na noite de 22 de maio, dois elementos desceram de um carro de cor escura, que ele não soube precisar a marca, nem o modelo, invadiram o estabelecimento e levaram a TV. O Cabo Paiva e o Soldado Veiga foram ao local e orientaram à vítima que registrasse a ocorrência na delegacia.

Fim do amor?
Quando se casaram, Marcelo e Cíntia eram um chamego só. Depois, o amor foi se esfriando e em pouco tempo os dois se estranhavam. Ela, mais fraca, começou a tomar uns sopapos, até que, no dia 21 de maio, cansada de apanhar, resolveu chamar a PM. Ela disse ao Sargento Jeneildo e à Soldado Daiane, que Marcelo, além de tudo, ainda vendeu o fogão e a geladeira da casa. Resultado: todo mundo para a Delegacia da Mulher, conversar com a Doutora Aline Morais.

Roubo no açougue
Dono de uma casa de carnes na Vila Jaiara, Lindomar foi surpreendido por dois elementos, um deles com barba por fazer e o outro magro, portando uma arma de fogo. Não queriam comprar carne. Queriam o dinheiro do caixa. E, levaram. Ao todo, R$ 600,00, ou seja, tudo o que tinha. Isto à uma e meia da tarde de 19 de maio. Lindomar chamou a Polícia e o Sargento Souza Cruz, acompanhado do Soldado Chaves, foi ao local prestarem-lhe a devida assistência.

Bateram nas mulheres
Era quase uma da manhã do dia 20, quando os soldados Alberto e Luciano foram chamados na Vila Fabril. Em lá chegando, tomaram conhecimento de que Cirineu estava enchendo sua esposa Maura de tapas. Mas, quando soube da aproximação da viatura, sumiu na escuridão. Um dia antes, o Cabo Wilson e o Soldado Jardim foram chamados ao Parque Residencial das Flores pelo mesmo motivo. Alexandre estava passando um “corretivo” em sua esposa Juliana. Mas, os policiais chegaram a tempo de levá-lo para conversar com a delegada Aline Morais Vilela, da Delegacia da Mulher. Lá, certamente, ele ficou mansinho.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

24/11/2017

Castelo fraco Valdeci montou um comércio no Residencial Copacabana e ia de vento em popa. Não faltavam clientes. Só que,...

Causos de Polícia

16/11/2017

Moto complicada O Gabriel estava todo prosa, circulando em uma moto novinha pelas ruas do Jardim dos Ipês. Mas, foi inter...

Causos de Polícia

09/11/2017

Bateu na mãe O Roberto, morador da Vila Jaiara, tem 45 anos, mas é muito esquentado. Qualquer coisinha ele quer bater. E,...

Causos de Polícia

03/11/2017

Maldade pura I O Eurípedes tinha uma perua FIAT Elba que era o seu maior xodó. Era, porque, esta semana, um embaixador do ...