(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Notas Gerais - Ed. 358

Causos de Polícia Comentários 16 de maro de 2012

Notas Gerais


Taradão
Francisco, um coroa de 44 anos de pouca vergonha, estava mostrando suas genitálias para uma menina de nove e outra de seis anos. Isto, na Vila União. As mães das garotinhas viram e chamaram os soldados George e Barreto, que não perderam tempo. Levaram Francisco para mostrar as partes ao delegado. Chegando lá, ele desconversou. Mas, foi preso e autuado em flagrante.

Valentona I
Cássia, 37 anos, é amásia de Paulo Roberto, 50 anos. No último dia 11 ela estava com a macaca e tomou uns goles a mais. Resolveu, então, bater no amado. Chamaram a Polícia e o Soldado Harley chegou bem na hora. Mas, quem disse que a Cássia se intimidou? Mesmo com a presença do agente da lei ela partiu para cima do Paulo. Foi difícil acalmá-la. Na delegacia, quando acabou o efeito da pinga, ela ficou quietinha.

Valentona II
Valente, mesmo, é a Herminda, 62 anos. No dia 11 de março, ela estava em um bar no Jardim Santa Cecília quando a Polícia chegou. Durante a abordagem ela não gostou e começou a desacatar os PM’s, dando um murro no rosto de um deles. Herminda e o marido Osmar foram levados para se explicarem ao delegado pelo Sargento Da Silva.

Marmelada
Adenivaldo, 41 anos, é louco para tirar carteira de motorista. Fez o processo, se inscreveu, mas na hora de fazer a prova, mandou seu sobrinho Jaílson, 22 anos, em seu lugar. A professora Adriana descobriu a farsa e chamou a Polícia. O Cabo Oziel e o Soldado Jesus compareceram e levaram os dois para a delegacia.

Estranha visita
No dia 11 de março, Wilton, 26 anos, estava cuidando de um estacionamento no Jardim Arcoverde, quando chegaram dois elementos em uma moto. Ele pensou que fossem clientes querendo guardar o veículo. Qual nada! Eram assaltantes que levaram R$ 100, mais o seu telefone celular. Espertos, os bandidos ainda mudaram o foco da câmera de segurança para não serem filmados. O Sargento Amarildo e o Cabo Honório atenderam à ocorrência.

Quem é a vítima?
Confusão no Bairro Novo Paraíso esta semana. Débora, 20 anos, tem um caso com Walter, 52 anos. Ela disse ao Sargento Martins e ao Soldado Marinho, que Walter a agredira com uma coronhada. Já o Walter, além de negar, ainda disse que Débora o atingira com uma pedra durante a briga. Resultado: ambos na delegacia onde foi registrado um B.O.

Visita cruel
Sebastião tem 56 anos, mora na Vila Mariana. No dia 11, ele acordou com um barulho estranho dentro de casa. Antes de acender a luz, sentiu algo cortando seu braço. Era uma faca empunhada por um homem estranho que, ainda, o amarrou e, em companhia de um comparsa, levou R$ 140 que estavam guardados. O Sargento Martins e o Soldado Marinho foram chamados para atenderem à ocorrência.

Amor e pinga
Neusi, 43 anos, namora Ana, de 29, residente em Bramápolis. Esta semana, ele ficou contrariado, tomou uns goles e foi tirar satisfação com a amada. E, foi com um baita Taurus 38 na cintura. Segundo a mulher, quando Neusi bebe, fica doidão e quer matar todo mundo. Só não quis matar o Cabo Alessandro e o Soldado Ribeiro, que o levaram para conhecer o delegado que estava de plantão.

Tiros na rua
Jheymisonn, 23 anos e Wallyson, 24 anos, estavam eufóricos demais e, ocupando uma camionete Montana, saíram pelas ruas dando tiros para o alto. Localizados pelo Cabo Celso e pelo Soldado Pereira, ambos foram conduzidos ao Plantão Policial para as devidas providências. A arma, uma pistola 380, foi apreendida. TCO em desfavor de Jheymisonn por porte ilegal de arma e contra Wallisson, por dirigir sem habilitação.

Aprontaram
Esta semana cinco garotos entre 15 e 17 anos, estudantes de uma escola pública da Vila São Joaquim, foram flagrados portando uma bomba de fabricação caseira. A diretora chamou a polícia e todos foram levados para a delegacia pela Sargento Alice Lane e pelo Soldado Assis, onde as devidas providências foram tomadas.

O golpe
Rita, 19 anos, recebeu um telefonema dizendo que ela havia sido premiada com R$ 85 mil, mas que precisava colocar uma carga de R$ 400 em um celular. Sem perda de tempo foi à farmácia de Fernando, na Praça Bom Jesus e mandou ver. Na hora de pagar ela disse que quem iria acertar era seu pai. Foi quando um funcionário da farmácia deu o grito: era o velho golpe aplicado por presidiários, geralmente de outras cidades. Mas já era tarde. A Polícia foi chamada e o pai de Rita teve de pagar a conta.

Deu sorte
João Batista é empregado de um supermercado da Rua Quintino Bocaiúva. No dia 12, segunda-feira, ele estava na bicicleta para fazer uma entrega, quando foi abordado por um elemento que, apontando-lhe uma faca, tomou-lhe a bike e as compras de uma cliente. Sorte dele que alguns populares viram o assalto e correram em seu socorro, afugentando o assaltante. O Cabo Almeida e o Soldado Celismar ainda tentaram localizar o bandido que sumiu do mapa.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Causos de Polícia

Causos de Polícia

12/07/2018

Trio enrolado Madrugada de terça para quarta-feira, integrantes da Segunda Companhia do Quarto BPM patrulhavam as ruas do B...

Causos de Polícia

05/07/2018

Saiu, perdeu O Senhor Almir, que mora na Vila Norte, foi ao Plantão Policial queixar-se de furto em sua casa. Ele disse qu...

Causos de Polícia

28/06/2018

Mãe valente Um rapaz de nome Alan foi abordado por policiais militares em uma das ruas do setor Arco Íris. Como não porta...

Causos de Polícia

21/06/2018

Arma ilegal Um homem, cujas iniciais do nome são J.R., morador em Goianápolis, foi conduzido ao Plantão Geral de Polícia...