(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Notas Culturais - Ed. 249

Contexto Jurídico Comentários 29 de janeiro de 2010


Grito Rock
Quem passou pelo Centro Administrativo no sábado à noite, teve uma surpresa. Aproximadamente 800 pessoas lotaram o espaço em frente ao Teatro Municipal, onde 12 bandas disputavam a seletiva para participarem dos dois eventos que compõem o Festival Grito Rock que vai acontecer em Anápolis.
A pluralidade ditou o ritmo do evento, tanto no som das bandas que variavam do pop rock ao death metal, ao figurino dos presentes: uns mais comportados e, outros, exibindo nas roupas e nas tatuagens todo seu estilo rock and roll!
Os organizadores do evento fizeram um balanço positivo da seletiva, e destacaram a boa qualidade das concorrentes. “A intenção era de classificar apenas quatro bandas, mas depois que todas se apresentaram e vimos o alto nível do evento, resolvemos aumentar o numero de classificadas para seis” comentou Leonardo Carneiro, integrante do Coletivo Pequi, grupo que está realizando o Grito Rock em Anápolis.
De acordo com o Diretor de Cultura, Augusto César de Almeida, o sucesso do evento é uma prova de que ações que, às vezes, não partem diretamente da administração pública, mas tem o apoio desse setor, podem acontecer com eficiência e organização.
O Projeto Grito Rock continua neste sábado, 30 de janeiro às 20:00 horas no Teatro Municipal com a apresentação das bandas: Elétrons, Trip em Trupe e Diego M. e o Sindicato. O valor da entrada é de R$10,00 lembrando que quem tiver carterinha de estudante ou flyer do evento paga meia-entrada.
Vale a pena participar!


Arte, tecnologia e software livre
A promoção denominada “Digiarte e Software Livre” será realizada do dia 1º de fevereiro a 05 de março, na Sede do Pontão de Cultura Tenda Jovem/Diretoria de Cultura de Anápolis, à Praça Bom Jesus nº 101, Centro. Trata-se de um evento de caráter técnico, político, social e artístico sobre software livre e sua utilização, é uma realização do Pontão de Cultura Tenda Jovem, sob a tutela da Prefeitura e da Diretoria de Cultura.
A intenção do evento é reforçar os conceitos de software livre, como o Linux, e fomentar sua utilização partindo do preceito de inclusão digital para o uso de softwares para produções em tecnologia da informação direcionada às artes, sobretudo ao audiovisual. Desta forma, estará estimulando as produções do gênero e oferecendo visibilidade aos diversos segmentos, como o próprio fazer cinematográfico, teatro, danças populares, música, artes plásticas, dentre outros.
A programação foi pensada de forma bem abrangente para atender não só aos profissionais direta e indiretamente ligados às artes, mas a toda comunidade em seus mais diversos níveis de conhecimento e provocar o debate das políticas de uso de software livre e suas consequências para a formação de uma rede realmente autêntica que possa beneficiar a todos os inseridos num processo social inclusivo e atuante.
Com o estímulo do uso e do desenvolvimento do software livre e dos códigos abertos, torna-se possível investir na produção e na qualificação do conhecimento pela ótica do desenvolvimento sustentável e do conceito que delineia a inclusão social, tendo, todos, igualdade de acesso aos avanços tecnológicos.
A maior preocupação do evento é promover a reflexão do público e cumprir a sua principal meta: estimular a adoção e a difusão do software livre como ferramenta de trabalho para a promoção da cultura e da arte, além de promover as interações sociais entre as diversas classes, através de softwares que permitam a difusão das idéias e das manifestações populares.


Semana reúne esforços
A “I Semana Digiarte e Software Livre, realização do Pontão de Cultura Tenda Jovem da Diretoria de Cultura de Anápolis, conseguiu reunir esforços de diretorias do Município, como o Centro de Processamento de Dados, Ciência e Tecnologia. O DGT, Diretoria de Gestão Tecnológica (CPD) da Prefeitura estará realizando transmissão ao vivo do evento com a equipe do “Tenda Jovem”. Desde a semana passada, profissionais do departamento se reúnem quase que diariamente com a equipe do Pontão para detalhes técnicos, como a utilização de softwares livres para streaming, câmeras a serem utilizadas, cabos, conectores, sinais digitais em banda larga, dentre outros.
A Diretoria de Ciência e Tecnologia também dispôs de pessoal qualificado para colaborar na semana, como palestrantes e profissionais na área de informática. O diretor de Ciência e Tecnologia, Fabrízio de Almeida Ribeiro, será um dos palestrantes do evento. Estará na Roda de Prosa discutindo o tema “Anápolis Digital: Democratizando o Acesso à Internet”.
Mário Sérgio Moreira, diretor do DGP comenta que o evento é de grande importância para Anápolis e que está levando a Semana para ser discutida como gestão de projetos - transmissão streaming ao vivo - no IGPF, Instituto de Gestão Tecnológica Farmacêutica.


Oficinas despertam interesse
A programação da “I Semana Digiarte e Software Livre” tem chamado a atenção da comunidade Anapolina. Além das Rodas de Prosa - espécie de apresentação de palestrantes e discussão após o término da explanação - as oficinas são um atrativo à parte por contemplar a inclusão digital na prática, iniciando o leigo em assuntos até então nunca vistos ou praticados, como “Iniciação ao Software Livre: Linux”, “Captação e Edição de Vídeo e Áudio”, “Capturas Analógicas em Áudio e Vídeo/Digitalização de Imagens e Som, “Quebra de Padrões Visuais, e oficinas artísticas, como “Boi Cru” (Bumba meu Boi), “Sambada de Coco”, dentre outras.
As oficinas a serem oferecidas à comunidade terão uma taxa simbólica ao preço de R$ 3,00, para custeio com despesas advindas da Semana. Para as Rodas de Prosa não será cobrada taxa, mas os participantes deverão realizar inscrição até dois dias antes do evento através do site do Pontão de Cultura Tenda Jovem ou pessoalmente na sede do Tenda Jovem/Diretoria de Cultura, à Praça Bom Jesus nº 101, Centro.



Dia do e-Lixo: uma ação em prol da natureza
O Dia do e-Lixo é uma ação da “I Semana Digiarte e Software Livre”, evento do Pontão de Cultura Tenda Jovem, sob a tutela da Diretoria de Cultura de Anápolis e da Prefeitura Municipal. Trata-se de uma campanha de estímulo a diversas frentes, como a limpeza da Cidade, a conscientização ambiental, a geração de renda, a criatividade e a inclusão digital. O Dia do e-Lixo está marcado para cinco (05) de fevereiro e a organização do evento espera unir esforços com o município, entidades patronais, sindicatos, associações, ONGS, empresas e a sociedade civil para o empreendimento.

A ação compreende estimular a todos para que doem computadores não-utilizados, memórias, peças periféricas como teclado, mouse, gabinete, cabos, conectores, dentre outros. O material a ser recolhido pelo Pontão de Cultura Tenda Jovem terá destino certo e garantido.
O Pontão realiza, dentre outras atividades culturais, oficinas de inclusão digital voltadas à comunidade em geral, com foco prioritário aos jovens de 13 a 29 anos das classes C, D e E. “Com os computadores ou restos deles a serem doados teremos a possibilidade de ampliarmos a demanda das oficinas àqueles que ainda se vêem exclusos do processo das novas tecnologias”, diz Edson Nuno, titular de Audiovisual e Inclusão Digital do Tenda Jovem e idealizador da Semana. “Utilizando o material a ser doado, poderemos ampliar o leque de oficinas e oferecer modalidades que gerem renda, como recondicionamento das máquinas ou criações de peças de arte, construções de aparelhos robóticos tanto para entretenimento como para várias outras utilidades, além de oficinas de aproveitamento de diversos materiais, como os metais leves, o ouro e o diamante presentes na engenharia dos computadores”.
Confira programação em breve no sítio: www.cultura.anapolis.go.gov.br/pontodecultura


Teatro em dose dupla
A premiada Cia. de Benedita de Teatro apresenta duas peças no Teatro Municipal de Anápolis nos dias 28 e 29 de janeiro de 2010 iniciando a temporada de espetáculos teatrais da cidade.
No dia 28 será encenada a peça “IN_DECÊNCIA” e no dia 29 a peça “ÉDIPO”. Vale a pena ressaltar que a trupe está em tournée pelo estado de Goiás e já é sucesso absoluto de público e crítica.
De acordo com o Diretor de Cultura Augusto César de Almeida, o teatro não teria uma forma melhor de dar o pontapé inicial de suas atividades do que com essas duas peças.
“Este é uma no muito importante para a classe teatral de Anápolis, um ano de afirmação depois de tudo o que resgatamos em 2009”, afirmou o Diretor de Cultura, fazendo uma clara referência à retomada da Mostra de Teatro de Anápolis e da grande procura de alunos pela Escola Municipal da Arte.
Os ingressos para as peças estão sendo vendidos por R$ 10,00 a inteira e, quem levar um quilo de alimento não perecível paga apenas meia - entrada.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Contexto Jurídico

A irrevogabilidade da isenção onerosa

05/07/2018

A Lei nº. 5.172, de 25 de outubro de 1966, que dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui normas gerais de dire...

A Reforma Trabalhista e o Teletrabalho

28/06/2018

A primeira observação sobre a regulação do teletrabalho na ordem jurídica do País diz respeito à plena possibilidade d...

A Reforma Trabalhista e suas repercussões

16/11/2017

Em vigor desde o último sábado (11/11/2017), a Reforma da Legislação Trabalhista trouxe mais de 100 (cem) mudanças na Co...

Do arrolamento de bens realizado pela Receita Federal do Brasil - RFB

03/11/2017

O Arrolamento de Bens e Direitos balizado pelo artigo 64 da Lei nº. 9.532, de 10 de dezembro de 1997 se traduz em mero inven...