(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Núcleo de Práticas Jurídicas retoma atendimento

Justiça Comentários 10 de maro de 2016

Serviço é gratuito ao público nas áreas civil, criminal e previdenciária


O Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da Faculdade Anhanguera de Anápolis, está aberto para novos atendimentos para população carente nas áreas civil, criminal e previdenciária No segundo semestre de 2015, o NPJ de Anápolis realizou 208 atendimentos e novas ações protocolizadas, além de mais de 270 audiências de conciliação realizadas na 2ª Vara de Família da Comarca de Anápolis.
O atendimento no Núcleo de Práticas Jurídicas da Anhanguera, desde a entrevista inicial com o cliente até o encerramento do processo, é realizado pelos alunos, com a supervisão de professores advogados orientadores e de forma gratuita. Além disso, nas dependências da unidade também está instalado o 4º Juizado Especial Cível, que tem em sua base a pacificação social: conciliadores e juízes demonstram para as partes envolvidas que a conciliação ou a transação tendem a restabelecer as possibilidades de convivência, sendo mais rápidas e menos invasivas que a sentença judicial.
O atendimento ao público acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Para as consultas na unidade é necessário fazer agendamento pelo telefone (62) 3098-3838 ou 3099-8111, ou pessoalmente.

SERVIÇO:
Núcleo de Práticas Jurídicas
Horário: Das 9h às 18h
Telefone: (62) 3098-3838 ou 3099-8111
Local: Faculdade Anhanguera de Anápolis
Avenida Universitária 683, Centro

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Justiça

Condenação de Lula repercute no meio político de Anápolis

13/07/2017

Sentença do Juiz Federal Sérgio Moro condenou a nove anos e seis meses o Ex-Presidente Lula, por crimes de corrupção pass...

Governo e DETRAN condenados a pagar indenizações

29/06/2017

O Estado de Goiás deverá pagar R$ 60 mil a Hérida Andrade Costa e a Karla Andrade Costa Lacombe, a título de indenizaçã...

Cliente que queria ser indenizada foi condenada por má fé

22/06/2017

A chamada “indústria da indenização” que a cada dia que passa ganha mais adeptos, sofreu, esta semana, um revés em Go...

Condenado o piloto do avião que caiu e matou quatro em 2008

15/06/2017

“Assim, torno a pena definitiva em 11 (onze) anos de reclusão já que não há outras causas a se considerar, bem como por...