(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Nas asas da criatividade e da superação

Geral Comentários 20 de janeiro de 2017

Apaixonado por aviões, jovem com doença degenerativa conhece Esquadrão da FAB. Ele é escritor e vai se formar este ano no curso de letras


O Esquadrão Guardião (2º/6º GAV), sediado na Base Aérea de Anápolis (BAAN), em Goiás recebeu, no final do ano passado, a visita de um jovem escritor com uma história de vida inspiradora. Mateus Miranda Vieira de Andrade, 20 anos, convive com uma doença degenerativa desde os oito anos, quando começaram a surgir os primeiros sintomas. A distrofia muscular progressiva tipo duchenne (DMD) é caracterizada por fraqueza e perda de massa muscular.
No entanto, as limitações físicas não o impediram de seguir sua vida. Este ano, ele vai se formar na faculdade em Letras, com especialização em língua inglesa e língua portuguesa. O próximo ano também será marcado pela publicação do segundo volume da trilogia “Os Guardiões das Dimensões – Mundos Desconhecidos” (All Print Editora) escrita por Mateus.
O jovem apaixonado por aviões criou um universo repleto de criaturas e aventuras com a ajuda de um teclado adaptado. O primeiro volume da série foi lançado em 2016. Enquanto o segundo está no prelo, o terceiro título já está em elaboração.
O convite para conhecer as atividades do esquadrão da FAB que opera aeronaves de reconhecimento e alerta antecipado em voo, R-99 e E-99, respectivamente, e também carrega o nome de Guardião, surgiu ainda no primeiro semestre. Mateus é sobrinho de um sargento da Aeronáutica que trabalha na BAAN. Na festa junina da unidade (Arraiá da BAAN) neste ano, o jovem montou uma barraca para divulgar sua publicação. O tema do livro e a história de vida do escritor chamou a atenção dos militares.
“A história de luta deste jovem chamou nossa atenção”, explica o comandante do Esquadrão Guardião, Tenente-Coronel Jorge Marques de Campos Junior. “É uma história inspiradora. Ele não desiste de perseguir seus objetivos”, complementa.
E é exatamente neste ponto que se dá a ligação entre o Esquadrão Guardião, que têm como missão proteger as riquezas brasileiras, e o jovem que nunca pensou em desistir dos seus sonhos.
De acordo com o comandante, o escritor não conhece o significado da palavra limitação e procura levar ao público um exemplo de luta por seus sonhos, além de entregar aos seus leitores histórias inspiradoras e, dessa maneira, contribuir para preservar o maior tesouro da nação: os seus jovens.
“Agradeço imensamente a oportunidade de conhecer a belíssima história deste esquadrão de voo e um pouco de sua missão de grande relevância para a nação brasileira”, afirmou o jovem durante a visita em que foi acompanhado pelo pai, um primo e o padrinho.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...