(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

“Não se pode escolher adversário”

Política Comentários 19 de fevereiro de 2010

Senadora tucana diz, em Anápolis, que o PSDB está preparado para qualquer situação, independentemente de quais forem os candidatos dos outros partidos


Lúcia Vânia Abrão Costa (PSDB) que, este ano, encerra seu primeiro mandato como representante de Goiás no Senado Federal (já foi deputada federal), disse ao Jornal CONTEXTO que, em política, não se deve escolher adversário. Ela veio à cidade se avistar com lideranças regionais durante o feriado de carnaval. “Quem se propõe a disputar uma eleição, deve estar preparado para qualquer coisa”, justificou. Lúcia Vânia falou isso ao avaliar os rumos que a sucessão estadual vem tomando, depois da visita feita pelo presidente Lula a Goiás e da propalada desistência do Presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (PMDB) em concorrer à sucessão do Governador Alcides Rodrigues (PP).
De acordo com a senadora, o PSDB vai se dedicar à campanha em Goiás sem a preocupação de saber quem são os outros concorrentes. Ela disse acreditar, entretanto, que o Senador Marconi Perillo “será homologado pelas lideranças que compõem sua base de apoio e que fará uma campanha de alto nível”. Ainda, segundo a parlamentar, estará havendo o resgate da confiança do eleitor goiano e seu partido muito vai colaborar para que isto aconteça.
Sobre sua atuação parlamentar nos últimos sete anos, Lúcia Vânia declarou que foi um período bastante positivo. “Fui relatora de importantes projetos em benefício do Brasil e, especialmente, de Goiás. Posso citar, entre outros, a recriação da Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste - SUDECO - que vai permitir um considerável avanço sócio/econômico e cultural para toda a região. Destaco, ainda, a criação do Banco de Desenvolvimento do Centro Oeste, a criação da Zona de Processamento de Exportações, projeto de minha autoria e que vai beneficiar, diretamente, a Anápolis, além de uma série de outros encaminhamentos”, justificou a senadora tucana.
Outros projetos
Lúcia Vânia destacou, ainda, a relatoria positiva que fez na criação da Lei “Maria da Penha”, que pune os agressores de mulheres de forma mais enérgica, assim como a da Lei de Responsabilidade Social, que prevê um resgate maior da cidadania em todos os níveis e, ainda, a lei possibilitando a aplicação do sistema de células-tronco no tratamento de várias doenças.
A respeito da participação das mulheres na política, a senador por Goiás disse que ela tem sido mais do que positiva. “As mulheres, em geral, têm usado da energia, da criatividade, do bom senso e da sensibilidade, para o desenvolvimento de propostas saudáveis e eficientes para a melhoria da qualidade de vida da população”, justificou. Finalizando, Lúcia Vânia declarou que no campo federal, a grande aposta é a candidatura do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), para a sucessão do Presidente Lula. “É o nome mais preparado entre todos os que surgiram até agora. Ele ganhando, com certeza, mudará muita coisa no Brasil. E mudará para melhor”, concluiu a parlamentar.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...