(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Namorados: Roupas e perfumes de presente

Comportamento Comentários 03 de junho de 2010

A pesquisa de intenção de compras para o Dia dos Namorados, realizada pela CDL, mostra preferência por roupas, mas há aqueles que querem marcar a data com uma noite romântica


Roupas e perfumes. Estes são os itens preferidos para homens e mulheres que pretendem trocar presentes no Dia dos Namorados, data em que o comércio de Anápolis registra um aquecimento nas vendas. Por esse motivo, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), realizou uma pesquisa para identificar, entre os consumidores, as tendências para a data.
O trabalho foi coordenado pelo economista Márcio Dourado Rocha. No total, foram entrevistadas 400 pessoas de ambos os sexos, entre os dias 24 a 28 de maio último. A metodologia adotada para a escolha total da amostra, apresenta um índice de confiança de 95% e um erro amostral de 4,33%.
Um dos itens da pesquisa buscou saber quanto o consumidor pretende gastar com a compra do presente. Do total de entrevistados, a maior parte (38%), respondeu que o presente deve ter o preço variando entre R$ 50,01 e R$ 100; para 25% dos consumidores, os gastos poderão ser entre R$ 100,01 a R$ 200,00. Para 16% dos entrevistados, a compra deve ser de R$ 20,01 a R$ 50,00. Os que pretendem gastar mais de R$ 500 representam 6% dos entrevistados. Do total, 9% ainda não sabem quanto vão gastar na compra do presente.
Outra pergunta feita, foi sobre o presente a ser comprado. Disparado na frente, com 25% de preferência, estão os itens de vestuário. Logo a seguir perfumes (17%), flores (7%) e calçados (5). Para 2% dos entrevistados, o presente será uma noite romântica. Esse é o mesmo percentual dos que pretendem presentear com um jantar ou, então com um aparelho de telefone celular, que há algum tempo atrás, era o objeto maior do desejo de compra. Dos entrevistados, 16% relacionaram outros presentes, como cintos e bolsas ou jóias. E, 24% dos consumidores revelaram-se indecisos.

Inversão
A pergunta foi feita também do modo inverso, questionando o consumidor sobre o que ele gostaria de ganhar de presente da (o) namorada (o). Os que gostariam de ganhar peças de vestuário, somam 22% dos entrevistados; 13% gostariam de ganhar perfumes e 11% não sabem o que gostariam de ganhar. Os que gostariam de ganhar flores e calçados representam 8% e 7% dos entrevistados, respectivamente. E, para 5% dos entrevistados, o presente ideal não poderia ser comprado em uma loja, já que manifestaram que este presente seria ganhar uma “cara metade”.
A pesquisa quis saber, também, o local preferido para as compras do Dia dos namorados. Neste quesito, 42% dos entrevistados responderam em lojas localizadas nos shoppings da cidade; 34% nas lojas do comércio tradicional; 8% pela internet; 7% em camelódromos e o mesmo percentual em floriculturas. Agora, uma boa notícia para os comerciantes: 65% dos entrevistados revelaram que pagarão o presente à vista; 12,2% com cartões de crédito e 12% os com cartões próprios da rede varejista ou, então com crediário ou financiamento. E, para a felicidade de todos, 97% dos entrevistados disseram que gostaram do presente recebido no Dia dos Namorados, em 2009.

Valor a ser gasto com o presente
• 38% pretendem gastar entre R$ 50,01 e R$ 100,00;
• 25% pretendem gastar entre R$100,01 e R$200,00;
• 16% entre R$20,01 e R$50,00;
• 9% não sabem quanto irá gastar;
• 6% gastarão mais que R$ 500,00;
• 5% pretendem gastar entre R$ 200,01 e R$ 500,00

Presente a ser comprado
• 25% presentearão com itens de vestuário
• 17% presentearão com perfumes
• 7% presentearão com flores
• 5% presentearão com calçados
• 2% presentearão com uma noite romântica
• 2% presentearão com celulares, mesmo percentual dos que pretendem presentear com um jantar
- 16% outros tipos de presentes tais como acessórios (cintos e bolsas) e jóias
• 24% ainda não sabem com o que presentear no dia dos namorados


O que gostaria de ganhar nesta data comemorativa.
• 22% gostariam de ganhar vestuário
• 13% gostariam de ganhar perfumes
• 11% não sabem o que gostariam de ganhar
• 8% gostariam de ganhar flores
• 7% gostariam de ganhar calçados
• 5% gostariam de ganhar um namorado nesta data em que os solteiros se sentem excluídos

O local escolhido para comprar o presente
• 42% em lojas localizadas nos shoppings da cidade
• 34% em lojas localizadas nas ruas da cidade
• 7% em camelódromos
• 7% com produtos comprados em floriculturas
• 2% pretendem presentear os pais com presentes comprados em galerias
• 8% comprarão em outros locais, sobretudo na internet

Sobre a forma de pagamento
• 65% pagarão o presente em dinheiro
• 12, 29% usarão cartão de crédito
• 12% usarão cartões de redes varejistas
• 12% pagarão pelo presente com crediário ou com outras formas de pagamento, tal como o financiamento

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Comportamento

Registros de casamentos caem e os de divórcios aumentam, mostra IBGE

02/11/2018

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística acaba de divulgar a estatística de registro civil. Os números trazem dad...

Palmadas estimulam agressividade em crianças, diz estudo

29/04/2016

A criança que apanha (leves palmadas no bumbum ou em outra extremidade) é mais propensa a desafiar seus pais, ter um compor...

Brasileiras iniciam vida sexual na adolescência

02/10/2015

etade (53%) das mulheres inicia a vida sexual entre 16 e os 18 anos no Brasil. A pesquisa, reali...

Qual é a melhor idade para conversar com os filhos sobre o álcool?

14/09/2015

ara evitar o consumo excessivo de bebida alcoólica entre pré-adolescentes e jovens...