(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Na reta final, campanha baixa nível com ataques entre candidatos e apoiadores

Política Comentários 20 de outubro de 2016

Faltando poucos dias para a definição da eleição, em segundo turno, candidatos e seguidores elevam o tom dos ataques. Nas redes sociais, a baixaria corre solta


A poucos dias do pleito que vai definir quem irá governar Anápolis nos próximos quatro anos, a campanha política tem um acirramento maior entre os candidatos Roberto do Órion (PTB) e João Gomes (PT) e os seus respectivos apoiadores. Nos programas do horário eleitoral gratuito, as trocas de farpas estão mais frequentes, ao contrário do que ocorreu no primeiro turno, que foi de relativa calmaria.
O acirramento tem dado trabalho à Justiça Eleitoral. Cerca de 30 processos foram endereçados à 141ª Zona Eleitoral, do dia 10 até o dia 19 último. Alguns desses processos são, ainda, remanescentes do primeiro turno, mas vários deles foram processados através das duas coligações que disputam o pleito: “Anápolis no rumo certo”, liderada pelo PT, e “Competência para inovar”, liderada pelo PTB. As reclamações, em geral, são de pedidos de respostas por ataques sofridos por uma das partes nos programas eleitorais de rádio e TV e postagens difamatórias por meio de redes sociais.
Há um caso, inclusive, de uma ação protocolada pela coligação “Competência para inovar”, solicitando ao Facebook a retirada de um perfil denominado “RobernaniRobernani”, que traz pesadas críticas ao candidato do PTB, Roberto do Órion. Os ex-prefeitos Ernani José de Paula e Adhemar Santillo também buscaram a Justiça Eleitoral cobrando direito de resposta por terem sido citados de forma crítica, pela coligação “Anápolis no rumo certo”. Esta, também, tem sofrido ataques pesados nas redes sociais, com menções difamatórias ao candidato do PT, João Gomes e seu vice Eli Rosa (PMDB).
As ações protocolizadas na Justiça Eleitoral são remetidas ao juiz da propaganda, Algomiro Carvalho Neto, que tem procurado responder as demandas com a maior celeridade possível. Entretanto, essa missão deve ficar mais difícil nos próximos dias, em razão de que a tendência é que o acirramento seja ainda maior e, consequentemente, mais processos a serem apreciados e julgados.

Nas ruas
Por outro lado, os candidatos João Gomes (PT) e Roberto do Órion (PTB) seguem com uma agenda bastante intensa de atos de campanha, como caminhadas e reuniões em empresas e nos bairros com apoiadores. Em muitas situações, as agendas têm sido divididas com os vices Eli Rosa (PMDB) e Márcio Cândido (PSD), já que são vários os pedidos para que os candidatos se apresentem para falar sobre os seus projetos.
Conforme o calendário eleitoral, os candidatos podem fazer propaganda política mediante reuniões públicas ou comícios até o próximo dia 27. Esta é a data limite, também, para a utilização de aparelhagem de sonorização fixa no período entre 08 e 24 horas, exceto no comício de encerramento de campanha, que poderá ser prorrogado por, até, mais duas horas.
No dia 28, termina a divulgação da propaganda eleitoral gratuita do segundo turno no rádio e na televisão, sendo este também o último dia para a realização de debate, não podendo se estender além da meia noite. Este, também, é o último prazo para a divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral do segundo turno.
No dia 29, véspera do pleito, os candidatos ainda poderão realizar caminhadas, carreatas e distribuir material gráfico para os eleitores. Também, é permitida a divulgação de jingles e mensagens por meio de carros de som.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Fundo bilionário para patrocinar as campanhas

10/08/2017

Os deputados integrantes da comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) acabam de rejeitar um ...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Dívidas do Estado com a União alongadas em até 240 meses

20/07/2017

Aprovadas na Assembleia Legislativa nas sessões realizadas no período de convocação extraordinária, nos dias 14 e 17 des...