(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mulheres continuam sendo minoria entre os concorrentes

Política Comentários 23 de julho de 2010

A estatística do TSE aponta que o número de candidatos do sexo masculino é bem acima do que as candidaturas apresentadas do sexo feminino. Outra curiosidade: o PSOL tem maior número de candidatos


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base nos pedidos de registros de candidaturas apresentados pelos partidos políticos que vão concorrer às eleições de outubro deste ano, já está disponibilizando para os eleitores/internautas as estatísticas com o perfil dos candidatos. Os dados mais recentes contabilizam, em Goiás, um total de 805 candidatos à eleição e reeleição para governador, senador, deputado estadual e deputado federal, incluindo nesta conta, também, os respectivos vices e suplentes das chapas apresentadas.
De acordo com a estatística, os homens são maioria entre os candidatos: 652, ou seja, 80,99% do total. As candidaturas do sexo feminino somam 153, representando 19% do total. Dentre os cinco postulantes ao Governo do Estado, há apenas uma mulher concorrendo: Marta Jane da Silva (PCB). Para o Senado, a disputa tem oito homens (88,88%) e uma mulher (11,11%); para a Câmara Federal são 128 homens (89,51%) e 15 mulheres (10,49%) e, finalmente, para deputado estadual, são 493 concorrentes do sexo masculino (78,88%) e 132 do sexo feminino (21,12%).
Do total de candidatos, 191 são solteiros (23,72%), 498 casados (61,86%), 18 viúvos (2,23%), 16 separados judicialmente (1,98%) e, 82 divorciados (10,18%). Por faixa etária, a maioria dos candidatos tem idade entre 45 e 59 anos (45,46%). A seguir vêm: 25 a 34 anos (14,03%), 60 a 69 anos (9,44%), 21 a 24 anos (1,11%), 70 a 79 anos (0,49%) e, acima de 79 anos, apenas um candidato (0,12%).
Na amostragem por grau de instrução, a maioria dos candidatos tem formação superior completa (42,23%). Na sequência, aparecem os candidatos que têm ensino médio completo (29,68%); superior incompleto (11,05%); ensino fundamental completo (8,44%); ensino médio incompleto (4,09%), ensino fundamental incompleto (3,72%) e apenas lê e escreve (0,74%).
Em relação ao tipo de ocupação, os dados do TSE indicam que dos 805 candidatos, 9,06% são empresários, 7,95% comerciantes, 6,08% advogados, 5,34% servidores públicos estaduais, 4,47% vereadores, 3,85% deputados, 3,60% servidores públicos municipais, 2,60% estudantes e 2,36% médicos, sendo estas as ocupações com maior destaque dentre as apresentadas.
O PSOL foi o partido que mais apresentou candidatos: 71 no total. Em seguida vem o PMDB (62); PSL (59); PT (58); PDT (54); PRB (47), PSDB (46) e PC do B (40). Dentre os que apresentaram menos candidatos estão: PCB com sete candidatos e PSDC e PSTU, com cinco candidatos, cada.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Projeto prevê proteção dos direitos da pessoa com autismo

17/04/2019

O Deputado Estadual Amilton Filho (SD) apresentou, na Assembleia Legislativa, Projeto de Lei que institui em Goiás a Políti...

CODEGO promete fazer gestão mais próxima dos empresários do DAIA

17/04/2019

Dezenas de lideranças do setor produtivo e empresários do Distrito Agro Industrial de Anápolis (DAIA) participaram, nesta ...

Decreto do Presidente Jair Bolsonaro muda forma de tratamento entre agentes públicos na esfera federal

17/04/2019

Em decreto publicado na edição 70-A do Diário Oficial da União, edição extra de 11 de abril último, o Presidente Jair ...

Anápolis Gira Cultura chegou aos bairros com uma nova roupagem

13/04/2019

A tarde do sábado, 13 de abril, promete um colorido especial para os moradores do Santos Dumont. O bairro foi escolhido para...