(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mulheres continuam sendo minoria entre os concorrentes

Política Comentários 23 de julho de 2010

A estatística do TSE aponta que o número de candidatos do sexo masculino é bem acima do que as candidaturas apresentadas do sexo feminino. Outra curiosidade: o PSOL tem maior número de candidatos


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base nos pedidos de registros de candidaturas apresentados pelos partidos políticos que vão concorrer às eleições de outubro deste ano, já está disponibilizando para os eleitores/internautas as estatísticas com o perfil dos candidatos. Os dados mais recentes contabilizam, em Goiás, um total de 805 candidatos à eleição e reeleição para governador, senador, deputado estadual e deputado federal, incluindo nesta conta, também, os respectivos vices e suplentes das chapas apresentadas.
De acordo com a estatística, os homens são maioria entre os candidatos: 652, ou seja, 80,99% do total. As candidaturas do sexo feminino somam 153, representando 19% do total. Dentre os cinco postulantes ao Governo do Estado, há apenas uma mulher concorrendo: Marta Jane da Silva (PCB). Para o Senado, a disputa tem oito homens (88,88%) e uma mulher (11,11%); para a Câmara Federal são 128 homens (89,51%) e 15 mulheres (10,49%) e, finalmente, para deputado estadual, são 493 concorrentes do sexo masculino (78,88%) e 132 do sexo feminino (21,12%).
Do total de candidatos, 191 são solteiros (23,72%), 498 casados (61,86%), 18 viúvos (2,23%), 16 separados judicialmente (1,98%) e, 82 divorciados (10,18%). Por faixa etária, a maioria dos candidatos tem idade entre 45 e 59 anos (45,46%). A seguir vêm: 25 a 34 anos (14,03%), 60 a 69 anos (9,44%), 21 a 24 anos (1,11%), 70 a 79 anos (0,49%) e, acima de 79 anos, apenas um candidato (0,12%).
Na amostragem por grau de instrução, a maioria dos candidatos tem formação superior completa (42,23%). Na sequência, aparecem os candidatos que têm ensino médio completo (29,68%); superior incompleto (11,05%); ensino fundamental completo (8,44%); ensino médio incompleto (4,09%), ensino fundamental incompleto (3,72%) e apenas lê e escreve (0,74%).
Em relação ao tipo de ocupação, os dados do TSE indicam que dos 805 candidatos, 9,06% são empresários, 7,95% comerciantes, 6,08% advogados, 5,34% servidores públicos estaduais, 4,47% vereadores, 3,85% deputados, 3,60% servidores públicos municipais, 2,60% estudantes e 2,36% médicos, sendo estas as ocupações com maior destaque dentre as apresentadas.
O PSOL foi o partido que mais apresentou candidatos: 71 no total. Em seguida vem o PMDB (62); PSL (59); PT (58); PDT (54); PRB (47), PSDB (46) e PC do B (40). Dentre os que apresentaram menos candidatos estão: PCB com sete candidatos e PSDC e PSTU, com cinco candidatos, cada.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Nova estrutura administrativa entra na pauta de sessão extra na Câmara

17/01/2019

Nesta sexta-feira, 18, a Câmara Municipal se reúne em sessão extraordinária, para a apreciação de 10 projetos que trami...

Mudanças na equipe no início da segunda metade do governo

17/01/2019

Na segunda parte de seu mandato, o Prefeito Roberto Naves está promovendo uma série de mudanças na estrutura da máquina a...

Núcleo de assessoria é a principal novidade da Reforma Administrativa

17/01/2019

Uma das principais mudanças na estrutura da Administração Municipal, a criação de um núcleo composto por seis assessori...

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...