(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mulher é presa após agredir senhora de 81 anos

Violência Comentários 17 de maio de 2014

Agressão foi denunciada pelo filho que encontrou a mãe com hematomas em toda a face


Maria Divina Caetano da Rocha Santos, 51 anos, foi presa em flagrante nesta semana. Ela foi denunciada por ter agredido a idosa, Geralda Francisca Durar, 81 anos, que passava as noites sob seus cuidados. O Contexto teve acesso ao vídeo gravado durante os depoimentos da vítima e da agressora, que revelou a crueldade com que as agressões vinham acontecendo há algumas semanas.
Dona Geralda mora na casa de um dos seus cinco filhos, o único que cuida dela e que, por trabalhar muito, paga duas pessoas para cuidarem da mãe: uma durante o dia e outra no período noturno. Nesta semana, após assumir o turno da manhã, uma das cuidadoras encontrou Geralda com hematomas em toda a face. Neste momento, a cuidadora acionou o filho da idosa e, este, imediatamente procurou a Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso de Anápolis.
De acordo com o delegado, Manoel Vanderic Filho, Maria Divina já está na cadeia pública de Anápolis. Ela vai responder pelo crime de lesão corporal no âmbito doméstico e pode pegar uma pena de até três anos de reclusão. O delegado conta que a idosa tem apenas um filho que a ajuda e não pode ficar o tempo todo com ela por causa do trabalho. “Ele é um filho muito bom e está muito abalado com o ocorrido”, disse.
Durante seu depoimento,a idosa contou que já havia sofrido outras agressões físicas e psicológicas vindas de Maria Divina. No entanto, nunca contou por medo de ter que passar as noites sozinha. Segundo ela, apanhou com murros e tapas, após interromper o banho da cuidadora. “Eu levantei e ela estava tomando banho. Aí, quando eu ia saindo para ir para o outro banheiro, ela veio e me bateu, no rosto e nas orelhas. Está tudo doendo, ela tem uma mão muito pesada”, relatou.
Quando o delegado questionou Geralda se ela estava com medo de que a Maria Divina pudesse voltar e agredi-la novemente, a idosa se voltou para o filho e perguntou “não volta não, não é meu filho?”. Em seguida ela relata ao delegado que teve cinco filhos, mas apenas este zela por ela. “Ele que paga as cuidadoras para ficarem comigo. Ele cuida muito de mim”, contou.
A acusada, Maria Divina, nega que agrediu a idosa. Ela alega que Geralda caiu no chão, mesmo ao ser contestada pelo delegado de que o laudo médico aponta que as lesões não aconteceram por motivo de queda, mas, sim, por tapas e murros. No entanto, assumiu que gritava e xingava a idosa “porque ela é muito custosa”, como se fosse algo normal. “Não aconteceu nada. Eu peguei ela no chão, estava caída, em cima do tapete branco que fica próximo a cama dela. Peguei ela e joguei ela lá em cima da cama. Até joguei um edredom por cima. Agora, eu brigo e grito com ela constantemente. Ela é custosa, não escuta o que a gente fala com ela não”, narrou sua versão dos fatos.
De acordo com o delegado Manoel Vanderic, no último mês a Delegacia registrou 85 crimes contra a pessoa idosa. Apesar do número, ele acredita que desde a criação da Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso esse tipo de ocorrência diminuiu em Anápolis.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Mãe e filho são presos em Anápolis por homicídio

19/04/2017

Depois de um minucioso trabalho de investigação, levantamento de pistas e vigilância ininterrupta, agentes da Delegacia de...

Abril começa com vários homicídios na Cidade

07/04/2017

O assassinato da estudante de Farmácia Raiane Araújo, ocorrido no interior de uma oficina de conserto de motocicletas na Ru...

Sequestro e suicídio causam muita polêmica nos meios policiais

23/03/2017

A notícia de um insólito sequestro, que teria ocorrido na terça-feira, 21, está intrigando as autoridades policiais de An...

Roubo a residência com reféns ocorreu no Jardim Europa

03/03/2017

Após receber informações repassadas via rádio pelo COPOM, através da videofonista CB Núbia, de que havia um roubo em re...