(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mudanças no Terminal Urbano geram transtornos

Cidade Comentários 24 de maio de 2014

Em caráter experimental, parte do tráfego do chamado Terminal 2 foi deslocada para o antigo pátio


Desde o início da semana está em operação a mudança proposta à TCA para que se efetive a demolição da segunda etapa do Terminal Rodoviário Urbano, a que dá frente para a Praça Americano do Brasil. De início, cinco baias (espaço onde os ônibus são estacionados) foram desativadas, com o movimento remanejado para uma área criada no antigo pátio, de onde sai a maior parte das linhas. No próximo dia 28 haverá uma reunião entre representantes da empresa; da Prefeitura, do Ministério Público e do Judiciário, para se avaliar a situação. Dependendo dos resultados e das conclusões, haverá o prosseguimento do projeto que prevê a contratação de uma empresa para retirar a estrutura de aço e de concreto do chamado Terminal 2.
Ressalte-se que as cinco novas baias foram implantadas de forma precária, ainda, sem cobertura para passageiros e veículos. Isto significa que quem for embarcar e/ou desembarcar, fica exposto à ação do tempo (sol ou chuva), mesmo que por um período provisório. A demolição do Terminal 2 é uma proposta do Ministério Público que, pretende fazer cumprir determinação judicial que considerou ilegal a referida construção, com base em argumento de que ela prejudica a visibilidade da antiga Estação da Estrada de Ferro, tombada pelo Patrimônio Histórico. A empresa TCA, que cuida do serviço de transporte coletivo na Cidade afirmou que está acatando a todas as decisões legais e que tenta, de todas as maneiras, não prejudicar o usuário do sistema.
A polêmica
A retirada do Terminal Urbano do centro da Cidade é uma polêmica que se arrasta há anos. Ela, inclusive, é prevista no edital de licitação para a exploração do sistema que, atualmente, acha-se em processo judicial. Duas empresas disputam o direito de realizar o serviço de transporte urbano na Cidade: São José e TCA. Ocorre que, por discordar de alguns pontos dos resultados da licitação, a TCA ingressou com ação para se corrigirem alguns tópicos. O assunto está em grau de recurso e, enquanto não se resolver na esfera judicial, permanece o impasse.
Com isso, prevalece a incerteza. O edital prevê, dentre outras coisas, a modificação de itinerários, a criação de novos terminais e a adoção da bilhetagem eletrônica o que desobrigaria o passageiro de ir ao Terminal para trocar de ônibus aproveitando a mesma passagem. A alegação da TCA, por exemplo, é de que já existe um projeto para implantar todas as mudanças propostas e que estas só não foram adotadas, ainda, porque não existe a certeza de que ela, a TCA continuará executando o serviço.
Nos últimos dias esse assunto tem chamado a atenção, com o registro de debates em diferentes setores da sociedade, com destaque para a Câmara Municipal. Alguns vereadores chegaram a propor que a concorrência, motivo da ação judicial seja anulada e que se estabeleça uma nova, com pontos mais claros, a fim de que o processo tenha andamento.
De acordo com analistas, enquanto não se resolver a questão judicial, definindo-se que empresa terá o direito de explorar o serviço, praticamente não há muito o que fazer. Primeiro porque as mudanças propostas são onerosas e sem a certeza de que terá a permissão legal para explorar o serviço, as empresas não arcariam com qualquer custo. Depois, a Prefeitura não dispõe de dotação orçamentária para tal operação. A transferência de parte do movimento do Setor 2 para o Setor 1 causou uma série de contratempos, justamente pela falta de espaço físico no terminal.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis gerou 139 novos empregos formais em julho

18/08/2017

Pelo sétimo mês consecutivo, Anápolis manteve em julho um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, a...

Anápolis mantém redução alta em casos de dengue

18/08/2017

A dengue tem dado uma trégua em Anápolis, desde o começo do ano. No último boletim epidemiológico divulgado pela Secreta...

Desvio de rede de esgoto interdita trecho da Avenida Brasil

18/08/2017

O diretor geral da Companhia Municipal de Trânsito e Transporte, Carlos Cezar Toledo, comentou, em sua rede social, sobre as...

Gerados 139 novos empregos em julho

18/08/2017

Pelo sétimo mês consecutivo Anápolis manteve em julho um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, al...