(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

MPF quer garantir defensor público em Anápolis

Justiça Comentários 16 de outubro de 2009


O Ministério Público Federal, por meio da atuação da Procuradoria da República no Município de Anápolis, recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) para tentar garantir que mais de 740 mil pessoas em Anápolis e região sejam atendidas por um defensor público da união. A situação de Goiás é alarmante, pois há apenas cinco profissionais e estão todos lotados em Goiânia.
“A população local da região do interior goiano encontra-se desamparada quanto à obrigação estatal de assistência jurídica integral e gratuita aos que compravam insuficiência de recursos”, destaca o procurador da República Rafael Paula Parreira Costa, autor do recurso.
Em primeiro grau, o juiz Federal indeferiu liminar do MPF por considerar que os defensores de Goiânia não poderiam cumular as demandas da capital e do interior. Todavia, no recurso, o MPF indica que, com a interiorização da Justiça Federal em Goiás, surgiu a obrigação da presença de outras instituições, como o Ministério Público Federal e a Defensoria Pública da União.
“No MPF é prática corriqueira o deslocamento do procurador às localidades onde não existe ainda a implementação do órgão. Portanto, o deslocamento do defensor público de Goiânia à Anápolis não seria um empecilho, já que a distância entre as cidades não passa de 5,6 quilômetros”, argumenta.
No recurso (chamado de agravo de instrumento), é pedida a antecipação de tutela para que a União assegure, em trinta dias, os meios materiais e humanos necessários para que os defensores públicos possam se deslocar para atuação junto à Subseção Judiciária e nas Varas da Justiça do Trabalho de Anápolis.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Justiça

MP quer fim da bolsa estudantil para jovem “rica”

29/11/2018

A promotora de Justiça Villis Marra recomendou à diretora do Programa Bolsa Universitária da Organização das Voluntária...

Mulher indenizada por empréstimo não autorizado

25/10/2018

O Banco Itaú Unibanco S/A deverá pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais a uma cliente. A instituição financeir...

Advogado condenado por ficar com dinheiro de cliente

12/07/2018

A juíza Tatianne Marcella Mendes Rosa Borges, da comarca de Rio Verde, condenou o ex-vice-presidente da Ordem dos Advogados ...

Advogados anapolinos assumem o comando da recuperação judicial da Irmãos Soares

07/06/2018

Os Advogados Dobson Vicentini, Victor Andrade, e o desembargador aposentado Floriano Gomes, sócios da empresa Valor Judicial...