(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Montadora quer ampliar produção de tratores em Anápolis

Industria Comentários 29 de junho de 2017

Produzindo 30 unidades ao mês, intenção é chegar a 180 nos próximos três anos a nacionalizar parte da produçã


A Farmtrac espera, em três anos, triplicar a produção de tratores na unidade instalada no Distrito Agro Industrial de Anápolis (DAIA). A informação foi dada pelo diretor comercial, Luciano Maciel Petroski, durante reunião com empresários na Associação Comercial e Industrial (Acia), na última quarta-feira,28.
O grupo, de origem indiana, representado pela Farmtrac Brasil (Grupo Meimberg), nesta primeira fase do empreendimento está fazendo a montagem dos tratores, com peças e componentes importados da Índia. Atualmente, de acordo com Luciano Maciel, são produzidas trinta unidades por mês a intenção, nos próximos três anos, é chegar a 180 unidades, alcançando em torno de 3% do mercado nacional. Os investimentos iniciais são da ordem de R$ 50 milhões e há previsão, também para os próximos três anos, de um incremento de R$ 15 milhões.
O representante da Farmtrac explicou que na primeira fase do projeto, a que está ocorrendo agora, é feita apenas a montagem. A segunda fase prevê a nacionalização de 60% do produto. Paralelo a isso, está sendo projetada a expansão da rede de concessionárias e assistência técnica da marca.
A Farmtrac está presente em 62 países e alcançou a liderança do segmento na Polônia em 2016, onde possui unidade fabril. A empresa chega ao Brasil em 2017 como parte de seu plano de expansão global.
ENCONTRO
Ainda durante a reunião da ACIA, foi apresentado o projeto do 5º Encontro de Agronegócios de Anápolis que traz o tema: “Café, Prosa e Negócios”, que está previsto para acontecer entre os dias 11 a 13 de setembro próximo, durante a realização da 61ª Exposição Agropecuária de Anápolis, organizada pelo Sindicato Rural e seus parceiros.
O presidente da ACIA, Anastácios Apostolos Dagios, ao final da reunião, fez um balanço positivo dos trabalhos realizados pela entidade durante o primeiro semestre deste ano. As reuniões semanais terão um recesso até o dia 02 de agosto próximo, quando serão retomadas. Para aquela data, está sendo agendada a participação do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Industria

Produção teve maior avanço em novembro de 2017

12/01/2018

A produção industrial goiana avançou 17,0% em relação a novembro de 2016, na série com ajustes sazonais. No Brasil, hou...

DAIA é um dos principais marcos da industrialização em Goiás

28/07/2017

No dia 09 de novembro de 1976, com as presenças do então Governador de Goiás, Irapuan Costa Júnior e do então Presidente...

Produção de medicamentos “salva” queda no indicador

13/07/2017

A produção industrial goiana, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) teve um...

Teuto volta para o controle de sócios brasileiros

06/07/2017

O Laboratório Teuto volta ao controle integral de sócios brasileiros, notamente, a família Melo, que constituiu o empreend...