(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Montadora chinesa vai investir R$ 2 bilhões em projeto no Brasil

Cidade Comentários 15 de dezembro de 2017

Parte deste investimento será utilizada para a linha de montagem da marca no Distrito Agro Industrial de Anápolis


O governador Marconi Perillo participou nesta quinta-feira, 14, na sede Grupo Caoa, no Distrito Agro Industrial de Anápolis (DAIA), do lançamento oficial da parceria da companhia com a maior e mais tradicional montadora de veículos da China, a Chery, com previsão de investimentos de R$ 2 bilhões no Brasil e geração de 5 mil empregos diretos só em Goiás.
“Não há nada mais importante que o emprego”, disse Marconi, afirmando que o investimento representa o compromisso de suas gestões com o desenvolvimento econômico e humano de Goiás e de Anápolis.
Além do presidente do Grupo Caoa, Mauro Correia, prestigiaram a solenidade de anúncios dos novos investimentos o prefeito de Anápolis, Roberto Naves; os secretários Joaquim Mesquita (Gestão e Planejamento) e Francisco Pontes (Desenvolvimento). Ao saudar o Grupo Caoa por apostar Goiás, Marconi disse que valeu a pena acreditar na empresa, hoje uma das mais sólidas do País, que passou pela crise econômica, maior que a depressão de 1929, sem promover sequer uma demissão e agora anuncia um investimento que coloca Goiás na vanguarda do setor automobilístico, na medida em que se alia à gigante Chery, a mais tradicional fábrica de automóveis da China.
Marconi lembrou que trabalhou pela instalação da Caoa em Goiás, em abril de 2007, e, naquela época, muitos duvidavam. E, conforme observou, hoje a empresa, espelhando o espírito empreendedor de seu fundador, Carlos Alberto de Oliveira, é uma das mais sólidas do País.
Sobre a parceria com a Chery, o governador ressaltou que o mais importante é que, a partir de agora, serão seis montadoras em Goiás, duas em Anápolis, fato que consolida o município como grande polo metal mecânico. A nova fábrica vai gerar milhares de novos postos de trabalho.“Mais importantes que os prédios bonitos, as máquinas sofisticadas, com alta tecnologia agregada são os empregos gerados”, disse Marconi, ressaltando que haverá impacto positivo em toda cadeia produtiva.
O governador destacou ainda que Goiás, com seis montadoras, passa a ser um dos mais importantes polos metais mecânicos do País. O novo investimento, ressaltou, consolida o Daia, agrega novos valores à mão de obra goiana e ainda insere definitivamente Goiás entre os estados mais prósperos da federação. “Hoje é uma manhã histórica, um dia para ser lembrado por todos nós”, arrematou Marconi.

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...