(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ministros anunciam liberação de recursos para a Santa Casa

Geral Comentários 20 de dezembro de 2018

Quase R$ 150 mil por mês vão para a unidade de Cuidados Prolongados. E, R$ 3,5 milhões para a compra de ressonância


Os ministros Alexandre Baldy (Cidades) e Gilberto Occhi (Saúde) estiveram em Anápolis na última quarta-feira, 19, na Santa Casa de Misericórdia, onde anunciaram um aporte de recursos de R$ 148 mil mensais para que seja colocada em funcionamento a unidade de Cuidados Prolongados, nas antigas dependências do Instituto Nossa Senhora do Carmo, no Bairro Jundiaí, desativado há alguns anos pela Congregação das Irmãs Carmelitas da Divina Providência. Em 2014, através doações capitaneadas pelo próprio Baldy e sua esposa Luana, a estrutura do antigo colégio foi revitalizada e ganhou mobiliários, mas, a implantação sofreu vários entraves e também falta de recursos para a manutenção.
Além da verba mensal que será repassada à Fundação de Assistência Social de Anápolis, que é a gestora da Santa Casa e do Hospital de Urgências “Dr. Henrique Santillo”, os dois ministros anunciaram a destinação de R$ 3,5 milhões para a compra de um novo aparelho de ressonância magnética para a Santa Casa.
O ministro da Saúde, Gilberto Occhi ressaltou que a Unidade do Carmo terá 25 leitos credenciados junto ao Sistema Único de Saúde. Ele destacou que o Município foi contemplado, recentemente, com um veículo de combate ao mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. E, disse que Anápolis estará inserida dentro do programa de expansão de radioterapia a ser executado em todo o País, o qual contempla a compra de 100 aceleradores nucleares lineares, que serão implantados em diversas cidades para ajudar no tratamento de pacientes de câncer. “Estaremos entregando um equipamento que é um dos mais modernos do mundo”, ressaltou. Sobre os recursos destinados à Santa Casa, Occhi informou que os mesmos serão deixados na rubrica de “restos a pagar”, sendo que os repasses deverão ser feitos pelo próximo governo, porém, sem risco de cancelamento. A Santa Casa deverá abrir uma licitação para a compra do aparelho de ressonância.
O Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, disse estar feliz em poder resgatar o compromisso de expansão da Santa Casa, juntamente com o seu colega de governo, o Ministro Occhi e o Prefeito Roberto Naves que, conforme disse, de pronto, se colocou à disposição para esta parceria. “Os outros prefeitos não fizeram nada e, agora, o Roberto nos procurou e nós estamos viabilizando a nova unidade”, ressaltou Baldy.
O Prefeito Roberto Naves comemorou o anúncio de recursos para a Santa Casa que, segundo disse, “tem uma história que fala por si só”. O chefe do Executivo assinalou que a instituição passa por uma crise financeira e precisa de pessoas que abracem a causa, como, conforme citou, os ministros Alexandre Baldy e Gilberto Occhi.
Roberto Naves destacou que a Prefeitura já vinha fazendo a sua parte, destinando R$ 100 mil extra de repasse à Santa Casa, dinheiro oriundo de parte do aumento de verba destinada pelo Governo Federal via rubrica de Média e Alta Complexidades. “Estamos do lado da Santa Casa, ajudando para que ela tenha um serviço cada vez com mais qualidade”, frisou o Prefeito.

Funcionamento
O diretor da FASA, Júlio Cesar Gomes, explicou que o funcionamento da unidade de Cuidados Prolongados que deverá ser a primeira nos moldes a funcionar em Goiás, não deverá ocorrer de imediato, já que isso dependerá de acertos a serem feitos com os governos municipal e estadual. Ele, também, observou que somente os R$ 148 mil a serem repassados pelo Ministério da Saúde, não serão suficientes para cobrir os custos da unidade. Daí, a necessidade de buscar as parcerias.
Conforme explicou Júlio Cesar, a unidade de Cuidados Prolongados vai dar apoio à rede de urgência e emergência, recebendo pacientes, por exemplo, vítimas de acidente vascular cerebral (AVC) ou de acidentes de trânsito. No local, os mesmos terão serviços médicos e de reabilitação por um período mais longo. As 25 vagas, explicou, não serão destinadas aos pacientes da Santa Casa ou do HUANA, mas serão disponibilizadas à regulação do Município. Não há, entretanto, um prazo definido para que a unidade esteja em pleno funcionamento.

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Mais de 500 mil empresas são excluídas do Simples Nacional

17/01/2019

Por causa de irregularidades no Simples Nacional, a Receita Federal excluiu 521.018 empresas do programa. Os empresários nã...

INSS divulga calendário de pagamentos para os aposentados

17/01/2019

Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% e...

Turismo goiano será incentivado

17/01/2019

A primeira conversa do novo presidente da Goiás Turismo com empresários, secretários de Turismo e presidentes de Conselhos...

Cadastramento para o Passe Livre começa e terá mais fiscalização

17/01/2019

A Secretaria de Governo anunciou, nesta quarta-feira, dia 16, que fará a verificação minuciosa dos cadastros efetuados no ...