(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ministro da Defesa visita a Base Aérea

Geral Comentários 30 de setembro de 2011

Toda a estrutura funcional da unidade da FAB no Município, foi apresentada a Celso Amorim, pelo comando da Aeronáutica


A atuação da Força Aérea, o controle de tráfego e a defesa aérea do Brasil foram apresentados ao Ministro da Defesa, Celso Amorim, durante sua primeira visita oficial a unidades da Força Aérea Brasileira, na última terça-feira, 27. Acompanhado pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente Brigadeiro do Ar Juniti Saito, integrantes do Alto Comando, oficiais generais da Aeronáutica e pelo Assessor Especial do Ministério da Defesa, José Genoino, ele conheceu unidades de Brasília (DF) e Anápolis. O ministro passou por áreas técnicas e operacionais.
A primeira organização visitada foi o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Comdabra). Na apresentação, o comandante da unidade, Major Brigadeiro do Ar Marcelo Mário de Holanda Coutinho, abordou questões relativas ao tráfego de ilícitos, Lei do Tiro de Destruição, prevenção de terrorismo, ações em proveito de aviação civil, cooperação internacional e sobre a atuação integrada do controle e defesa aéreos. Amorim também conheceu as do Comando-Geral de Operações Aéreas (COMGAR), responsável pelo preparo e emprego da Aeronáutica. “Somos o braço armado da Força”, explicou o Comandante-Geral de Operações Aéreas, Tenente Brigadeiro do Ar Gilberto Antonio Sabóia Burnier.
Somente neste ano, a FAB atuou na posse da Presidente Dilma Rousseff, na visita do Presidente americano Barack Obama e nos Jogos Mundiais Militares. “Enquanto estão nas reuniões, nós monitoramos o céu e os protegemos de cima”, destacou o Comandante do Comdabra.
Na sequência, o Ministro seguiu para o Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta I), onde conheceu os serviços prestados pela Aeronáutica nas diversas etapas de voo, assim como a cobertura dos radares e o Sistema Sagitário. “Toda essa estrutura é utilizada para os milhões de voo do Brasil possam ocorrer com fluidez e segurança”, afirmou o comandante do Cindacta I, Brigadeiro do Ar José Pompeu dos Magalhães Brasil Filho.
De Brasília, Amorim veio para a Base Aérea de Anápolis (BAAN). Ele conheceu as missões desempenhadas pelos militares da unidade. No hangar do Esquadrão Guardião (2º/6º GAv), viu melhor os sistemas empregados nas aeronaves R-99 e E-99. Já no hangar de alerta, do Esquadrão Jaguar (1º GDA), o Ministro observou de perto a rotina dos aviadores que pilotam o F-2000.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...