(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ministério Público de Goiás participa da Campanha da Fraternidade 2019

Geral Comentários 07 de maro de 2019

Tema tem a ver com a luta pelos direitos difusos e coletivos da sociedade como um todo e vai até o fim da quaresma


O Ministério Público de Goiás foi convidado a participar da Campanha da Fraternidade 2019, cujo tema é “Fraternidade e Políticas Públicas”. A iniciativa tem o objetivo de despertar a solidariedade dos cristãos e da sociedade brasileira, chamando a atenção para um determinado problema que envolve a todos. A campanha teve início no dia 6/3, Quarta-Feira de Cinzas, e se estende pelo período da Quaresma, e, neste ano, “busca estimular a participação dos cristãos no campo das políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja”. Com o lema “Serão Libertos pelo Direito e pela Justiça”, a campanha traz o testemunho de agentes públicos relatando como a fé interfere em sua atuação.
Visando apoiar a divulgação, o procurador-geral de Justiça, Benedito Torres Neto, convidou alguns promotores de Justiça para que participassem da gravação de vídeos, no qual eles esclarecem um pouco de como a atuação do Ministério Público pode contribuir para a efetivação de políticas públicas.
Além disso, a promotora Suelena Carneiro Caetano Fernandes Jayme, da 18ª Promotoria de Justiça de Aparecida de Goiânia, foi convidada para participar de uma série de reuniões de formação com lideranças católicas, realizadas previamente ao lançamento da campanha. Em sua fala, ela esclareceu a parte jurídica relativa às políticas públicas, especificamente quanto à atuação do Ministério Público.

Lançamento
No lançamento nacional da campanha, promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Brasília, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, discursou esclarecendo que o tema deste ano costura os princípios da fraternidade e solidariedade com os primeiros artigos da Constituição, os quais visam construir uma sociedade justa e igualitária “A Constituição também clama a sociedade a ser fraterna e sem preconceitos em respeito à pessoa humana”, afirmou. (Assessoria de Comunicação Social do MP-GO).


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Procon de Anápolis promove curso de Defesa do Consumidor

15/03/2019

Nesta sexta-feira, 15, comemora-se o Dia Internacional do Consumidor e, em alusão a data, a Prefeitura de Anápolis, por mei...

Mulher trabalhadora recebe 79,5% do rendimento do homem no Brasil

15/03/2019

Em 2018, o rendimento médio das mulheres ocupadas com entre 25 e 49 anos de idade (R$ 2.050) equivalia a 79,5% do recebido p...

Adesão automática a cadastro vai à sanção presidencial

15/03/2019

A adesão automática de consumidores e empresas aos cadastros positivos de crédito segue para sanção presidencial. O Plen...

Vereador pede reativação da Delegacia de Meio Ambiente

15/03/2019

O vereador Valdete Fernandes (PDT) sempre se mostrou incomodado e sensível quanto às questões ambientais no município de ...