(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ministério Público vai avaliar plano de manejo na APA do João Leite

Meio Ambiente Comentários 29 de janeiro de 2010


O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) fará um estudo mais detalhado acerca da aplicação do plano de manejo de extração de argila, determinado às empresas que atuam na região da Área de Proteção Ambiental (APA) do Ribeirão João Leite. O assunto foi tratado em uma reunião ocorrida na última terça-feira,26, na sede do MPGO, em Goiânia, entre a promotora Sandra Mara Garbelini, coordenadora do CAOMA (Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente) e o Sindicato das Indústrias Cerâmicas do Estado de Goiás (Sindicer/GO).
Segundo informou o vice-presidente da entidade, Laerte Simão, a promotora se comprometeu em, juntamente com uma equipe de peritos, fazer uma avaliação in loco na região da APA do João Leite, para orientar que medida deve ser tomada com relação ao plano de manejo, que impõe restrições ao procedimento de extração de argila, como, por exemplo, o limite de 10 quilômetros de distância dos mananciais da APA. Essa medida inviabilizaria quase a totalidade das 40 empresas que atuam na região.
Laerte Simão ressaltou que a promotora Sandra Mara Garbelini se mostrou sensível ao pleito dos empresários - presentes em grande número ao encontro - que buscam encontrar uma solução que viabilize a exploração sustentável na região. Ela ressaltou que a questão será tratada da melhor forma possível, do ponto de vista ambiental, e considerando também o fato de que muitas empresas estão estabelecidas há mais de 30 anos e cumprem um papel importante no contexto econômico e social na região e no estado.
Ficou acertado que haverá uma nova reunião, dentro de aproximadamente 10 dias, para que os resultados da análise técnica sejam concluídos e apresentados. Essas informações vão subsidiar as discussões sobre a legislação que envolve a APA do João Leite.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Goiás é o quinto no ranking de estados

20/09/2018

Desenvolvimento econômico e social combinado com sustentabilidade ambiental. Esse é o retrato de Goiás verificado no Ranki...

Ribeirão Antas sofre com a poluição

23/08/2018

A formação de densas camadas espumosas de origem desconhecida sobre o leito do Ribeirão Antas continua sendo um desafio pa...

Justiça concede liminar contra cobrança irregular do AVTO

09/08/2018

A Promotora Sandra Mara Garbelini, que atua na érea de meio ambiente, comunicou, durante reunião com empresários na Associ...

Ibama-DF promove fiscalização no lago de Corumbá

05/07/2018

Inspeção feita pelo Ibama do Distrito Federal no reservatório (lago) da UHE Corumbá IV, flagrou diversas infrações, com...