(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Microcrédito tem mais recursos liberados pelo Banco do Povo

Economia Comentários 09 de junho de 2017

Programa ganha aporte de R$ 1 milhão e o mesmo valor deve ser direcionado para nova etapa do programa no Município


O Banco do Povo recebeu da secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED), um aporte de R$ 1 milhão. O repasse deste recurso aconteceu durante evento realizado na noite da última terça-feira, 07, parte da programação do Dia do Empreendedor, iniciativa da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico, no auditório do SENAI.
O fortalecimento do Banco do Povo faz parte de uma ação articulada entre a Prefeitura de Anápolis, o Governo do Estado e o SEBRAE, com o objetivo de ampliar o crédito para o fomento aos microempreendimentos. O evento contou com a presença do titular da SED, Francisco Pontes; do Deputado Federal Alexandre Baldy (PODE), que atuou para garantir o recurso; do presidente do Banco do Povo em Goiás, Danilo Rabelo, dentre várias outras autoridades locais e regionais.
Devido à grande procura, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Vander Lúcio Barbosa, destacou que haverá novo aporte de recursos para uma segunda edição do evento, marcada para o dia 7 de julho, durante o 1º Fórum Municipal de Economia Solidária, a fim de garantir a demanda deste segmento da economia que, conforme disse, tem um papel importante na economia do Município.
Vander Lúcio salientou que, graças aos resultados positivos da parceria entre Estado e Município, mais uma unidade do Banco do Povo deverá ser inaugurada na Cidade, somando à já existente e em funcionamento no Anashopping. “Já solicitamos e tivemos um sinal positivo do prefeito Roberto Naves. A ideia é que a nova sede seja na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico”, adiantou.
O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, ao fazer o seu pronunciamento, sugeriu que o superintendente do Banco do Povo, Danilo Rabelo, faça nova solicitação de novos recursos para Anápolis. “Pelo que vejo aqui hoje, o crédito de um milhão não será suficiente para Anápolis. A presença de vocês demonstra o potencial empreendedor deste município. Vamos disponibilizar mais um milhão para o município”, prometeu o secretário.
Esta foi 25º edição do Dia do Empreendedor, evento que tem percorrido diversos municípios goianos. “Nós colocamos toda a infraestrutura do Banco do Povo à disposição dos empreendedores”, explicou o presidente da instituição, Danilo Rabelo, acrescentando que o SEBRAE participa com a capacitação dos interessados em abrir ou ampliar seu negócio; a Junta Comercial (JUCEG) auxilia com informações sobre o processo para a formalização da empresa, se for do desejo do empreendedor e a GoiásFomento entra com o crédito e o Banco do Povo faz toda a gestão do Programa. Após a abertura oficial, foram realizadas palestras voltadas para a capacitação profissional e treinamento, além da prestação de esclarecimentos de dúvidas.
VALORES E PRAZOS
Os valores - máximo e mínimo - para pessoas físicas e jurídicas são de R$ 500,00 (mínimo) e R$ 15 mil (máximo), com taxa de juros de 0,25% (zero vírgula vinte e cinco por cento) ao mês. Para capital de giro, como em casos de aquisição de matéria prima ou mercadoria para revenda, o prazo para pagamento é de, até, 12 meses. Já para financiamento fixo, ou seja, para aquisição de máquinas, equipamentos, ferramentas, móveis e utensílios novos, o prazo é de, até, 36 meses, mediante análise. Quando a escolha pelo financiamento engloba as duas opções citadas, capital de giro e fixo, ou seja, misto, o capital de giro não pode ultrapassar a 50% do projeto total e o prazo é de, até, 36 meses. A carência é de três meses, exceto quando somente para capital de giro. Em todos os casos, os prazos, condições e carência serão definidos mediante análise.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...