(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mesmo com a crise, comércio anapolino espera aumento nas vendas

Economia Comentários 09 de dezembro de 2016

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), projeta um incremento de até 5% em relação às vendas do período, em 2015


Mesmo com a retração econômica, os varejistas de Anápolis estão em clima de otimismo para as vendas de final de ano, em especial, para o Natal, data que representa a maior movimentação no segmento. As ruas da Cidade já estão devidamente ornamentadas com enfeites natalinos e a segurança também já foi reforçada nas áreas do comércio, para garantir que as pessoas possam fazer as compras num ambiente mais atrativo e seguro.
O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis, Wilmar Jardim de Carvalho, disse ao Jornal CONTEXTO que mesmo num cenário de crise na economia, a expectativa é que as vendas cresçam no patamar de 5% em relação ao ano passado. Embora não seja um crescimento elevado, pela conjuntura atual, é aumento considerável. Ele observou que, ao longo do ano, as vendas se mantiveram estáveis, com pequenas oscilações e que este aumento no Natal, portanto, é significativo. Esta projeção é uma média, já que alguns segmentos dentro do setor podem apresentar mais ganhos em vendas e outros, menos ganhos.
Quanto a abertura das lojas no período noturno, Wilmar Carvalho informou que os sindicatos patronal e laboral do segmento varejista já estabeleceram na convenção coletiva essa questão, conforme as cláusulas ajustadas em relação ao cumprimento da jornada de trabalho, horas extras e outros detalhes. A medida já está valendo desde o dia 1º deste mês. Mas, conforme adiantou o presidente da CDL, a partir da semana que vem é que os comerciantes devem ficar com as portas abertas até mais tarde. Inicialmente, até às 20 horas e, nos dias que antecedem o Natal, até 22 horas, que é o máximo permitido.
Em relação à segurança, Wilmar Carvalho adiantou que a CDL discutiu esta questão com o comando da Polícia Militar, que prontificou-se a liberar efetivo do quadro administrativo do 28º Batalhão para reforçar a segurança na região central, inclusive, com a volta da tradicional ronda à pé com dupla de policiais, conhecida como “Cosme e Damião”. Além de mais viaturas para fazer a prevenção e o trabalho ostensivo para combater os crimes de furto e roubo.
O presidente da CDL considera também positiva a medida adotada pela Prefeitura, de liberar algumas ruas para o estacionamento rotativo, com a ressalva de que deve haver uma melhor fiscalização, a fim de evitar usos indevidos das vagas. A intenção é que, efetivamente, os consumidores possam encontrar mais facilidade para ter acesso ao comércio e fazerem as suas compras.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Goiás terá maior aporte de recursos para o setor agropecuário em 2018

19/01/2018

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) destinou em 2017 mais de R$ 7,7 bilhões para investimentos em ...

Receita Federal arrecada mais de R$ 4 bi em 2017 no Município

19/01/2018

Depois de resultados negativos nos dois últimos anos, as arrecadações fazendária e previdenciária acumuladas na área de...

Exportações por Anápolis fecham 2017 com queda preocupante

12/01/2018

As exportações feitas por Anápolis fecharam o ano de 2017 com uma queda de 31,02% frente ao ano de 2016, conforme os dados...

Anápolis termina 2017 com bom estoque de empregos formais

29/12/2017

Apesar da grande diferença na comparação com o mês de outubro, Anápolis manteve o saldo positivo na geração de emprego...