(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mercado de trabalho manteve saldo positivo em outubro

Economia Comentários 23 de novembro de 2018

No mês, Anápolis gerou 256 novos postos formais de emprego


Apesar do registro de uma redução de 116 vagas em relação a setembro, o mercado de trabalho em Anápolis continua apresentando números positivos na oferta de vagas formais de trabalho, com o registro de saldo negativo apenas nos meses de junho e junho. Em outubro, de acordo com dados do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, Anápolis gerou 256 novos postos de trabalho com carteira assinada, contra 372 em setembro e 342 no mesmo mês do ano passado.
Os dados do Caged mostram que as 256 vagas abertas em outubro foi o resultado de 3.035 admissões e 2.779 desligamentos. A mesma estatística mostra também que entre os admitidos 270 foram para o primeiro emprego, 2.607 para o reemprego, seis integrações, 152 através de contrato por tempo determinado e 163 transferências de admissão. Já entre os demitidos, 1.536 foram desligados sem justa causa, 52 por justa causa, 682 a pedido dos próprios trabalhadores, 412 por causa do fim de contratos de trabalho e 10 por morte.
Entre os diversos segmentos da economia anapolina, o setor de serviços foi o que mais abriu vagas formais, com 212 novos empregos, seguido pelo comércio, com 76 novas vagas e a indústria de transformação, com apenas 8 novos empregos. Mantendo uma oscilação registrada ao longo do ano, a construção civil fechou 37 postos de trabalho, o Serviço Industrial de Utilidade Pública (SIUP) outras duas e a agropecuária apenas uma. A administração pública e o setor mineral não registraram saldo.

RANKING
O saldo positivo de 256 novos postos formais de trabalho colocou Anápolis na quarta posição entre os municípios goianos com mais de 30 mil habitantes que mais geraram empregos em outubro. A liderança no ranking ficou com Formosa, com 827 novas vagas, seguida por Morrinhos, com 437, Goiatuba, com 411, Aparecida de Goiânia, com 211, Rio Verde, com 169, Luziânia, com 85, Trindade, com 70, Quirinópolis, com 65 e Catalão, com 59.
Entre os municípios com saldo negativo, a liderança ficou com Cristalina, com 1.038 vagas de trabalho fechadas, seguida por Inhumas, com 988, Goianésia, com 495, Santa Helena de Goiás, com 383, Senador Canedo, 160, Iporá, 160, Planaltina, com 130 e Minaçu, com 120 e Uruuaçu, com 71 postos de trabalho extintos. Nos municípios com mais de 30 mil habitantes, o saldo de empregos formais foi negativo, com 954 vagas fechadas, um número resultado de 39.244 admissões e 40.238 desligamentos.
No Estado, o saldo também foi negativo, com 3.565 postos de trabalho com carteira assinada fechados, um resultado da diferença entre 50.623 desligamentos e 47.058 admissões. A indústria de transformação foi o segmento que mais demitiu, com 3.473 desligamentos, seguido Agropecuária, que fechou 758 postos de trabalho e a construção civil, com menos 504 vagas. Os setores que mais abriram vagas foram o comércio, com 576 novas vagas e, o de serviços, com 375 novos empregos.
No País, pelo quarto mês consecutivo, o saldo de empregos formais também foi positivo com 57.733 novas vagas. O saldo acumulado do ano, de 790.576 novos postos de trabalho formal, é o melhor desde 2015, de acordo com a estatística do Caged. Em 12 meses, o saldo é de 44.483 novos empregos.
Por região, a estatística de outubro do Caged mostra que houve aumento na geração de empregos formais em quatro das cinco regiões. A liderança ficou com o Sul, com 25.999 novos empregos, seguida pelo Sudester, com 15.988, Nordeste, com 13.426 e Norte, com 2.379. O Caged considera estável o saldo negativo de 59 vagas fechadas na região Centro-Oeste. Entre as 27 unidades federativas, o saldo foi positivo em 23 e, negativo em apenas três, incluindo Goiás.

Autor(a): Ferreira Cunha

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Economia

Distribuidora reabre espaço de atendimento

07/12/2018

A Enel Distribuição Goiás inaugura nesta sexta-feira,07, às 16h, a nova loja de atendimento de Anápolis, localizada na G...

Sociedades mercantis sob aval de advogados

29/11/2018

O ato constitutivo de sociedade mercantil, Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli) e de cooperativas somente...

PROCON alerta sobre a Black Friday de 2018

23/11/2018

Para garantir os direitos da população, a Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon Anápolis) está monitorando...

Ambulantes já começam a invadir a Cidade

23/11/2018

Com a aproximação dos festejos de final de ano, uma média diária de quatro vendedores ambulantes de outras cidades desemb...