(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Medalha de Mérito Haydée Jayme Ferreira é entregue

Cidade Comentários 13 de maro de 2015

Na edição deste ano, 16 mulheres foram escolhidas para receber a honraria


Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, a Prefeitura de Anápolis entregou a Medalha da Distinção de Mérito Haydée Jayme Ferreira. A solenidade foi realizada na manhã desta quinta-feira,12, no auditório do Parque Ambiental Ipiranga, onde 16 mulheres receberam a honraria.
O evento contou com as presenças do prefeito João Gomes, da primeira-dama Lucimar dos Santos Gomes, do presidente da Câmara Municipal, Lisieux José Borges, da vereadora Geli Sanches, do comandante da Base Aérea de Anápolis, coronel-aviador Rodrigo Fernandes Santos, secretários municipais, entre outras autoridades.
As homenageadas ganharam destaque na atuação na cidade por meio do seu trabalho e dedicação. A delegada Aline Vilela foi uma dessas mulheres de destaque. “Sinto-me honrada por vários motivos, primeiro pela denominação Haydée Jayme Ferreira, que contribuiu com a história de Anápolis, cidade em que nasci, cresci e decidi construir minha família e a carreira profissional”, declarou.
A subtenente da Polícia Militar, Alice Lane Camilo Mattos, destacou que as mulheres conquistaram diversas áreas no mercado de trabalho. “Ainda somos minoria no campo em que atuo, mas demonstramos nossa capacidade de conciliar vários papéis e com eficiência”, comentou. A psicóloga, Luzia Cordeiro da Silva Menezes, observou que é uma satisfação ser reconhecida pela sua contribuição à sociedade com a sua profissão. “É uma forma de ver que vale a pena nosso esforço em aceitar exercer tantas funções e continuar conquistando nossos direitos”, falou.
O prefeito João Gomes ressaltou que as 16 homenageadas demonstram a pluralidade da mulher. “Cada uma representa uma parte da nossa história. São professoras, atletas, delegada, donas de casa que aceitam o desafio de conciliar com a maternidade com sua profissão. Se Anápolis consegue se desenvolver e crescer é porque as mulheres estão somando com o nosso trabalho. A honraria é o nosso reconhecimento ao que elas representam”, disse.

Homenageadas
A medalha, cujo título é uma homenagem à poetisa, escritora, jornalista, artista plástica, historiadora e professora Haydée Jayme Ferreira, foi conferida, neste ano, às seguintes personalidades femininas: Edimi Ambrósio de Souza, professora aposentada; Neide Rodrigues Ramos, presidente do Conselho Municipal de Educação; Simone Almeida Alves Atayde, escritora; Luzia Cordeiro da Silva Menezes, psicóloga; Libna Lemos Ignácio Pereira, professora; Aída Fontoura Viana Lopes, servidora pública federal; Alice Lane Camilo Mattos, subtenente da Polícia Militar.
E, também, Janete Gomes Barbosa, atleta; Nara Núbia Alves da Costa, diretora da Escola Modelo do Sesi – unidade Jaiara; Ângela Maria da Silva Bueno, gerente da Caixa Econômica Federal; Marta Altair Fonseca, médica; Divina do Nascimento Marçal, líder comunitária; Neide Aparecida Machado Silva, empresária; Amália de Pina Reis, matriarca; e Aline Soares Ribeiro Vilela, delegada.

Dama das letras
Haydée Jayme é considerada a “primeira-dama das letras anapolinas”. Ela escreveu a história da cidade com farta documentação, fotos e excertos de memória, no livro “Anápolis, Sua Vida, Seu Povo”. Como jornalista figurou em páginas de diversos periódicos anapolinos e goianos, com artigos de interesse histórico, social e político, ao longo de várias décadas em que escreveu para “O Anápolis”, “Gazeta Popular”, “A Imprensa”, “Folha de Goiaz”, “Correio do Planalto”, “O Popular”, “Imagem Atual” e tantos outros.
Ao lado da atividade literária, Haydée Jayme dedicou parte de seu talento às artes plásticas, assinando várias telas, algumas das quais reproduzidas nas capas de seus diversos livros, como em “Fogo no Bambual” e “Anápolis, Sua Vida, Seu Povo”. Na literatura foi classificada no 1º Concurso de Poesias Modernas, passando a integrar a antologia “Anápolis em Tempo de Poesia”.
Haydée Jayme foi diretora do Museu Histórico de Anápolis e influenciou para que a Prefeitura de Anápolis adquirisse a antiga casa que pertenceu à Zeca Batista, onde se localiza a sede atual daquele centro cultural.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Segundo viaduto da Brasil já tem a primeira rampa pavimentada

12/10/2017

A impermeabilização da rampa sul do viaduto “Idelfonso Limírio”, erguido na confluência da Avenida Brasil e da Rua Am...

Certificado presta homenagem a personalidades anapolinas

12/10/2017

Seis personalidades que em suas ações defendem a vida e a família foram homenageadas durante sessão solene realizada no d...

Passe Livre Estudantil deve funcionar a partir do dia 17

12/10/2017

O programa Passe Livre Estudantil (PLE) deverá começar a funcionar em Anápolis no início da próxima semana, provavelment...

Ministério Público terá nova sede

05/10/2017

Com previsão de as obras começarem a serem executadas ainda este ano, o Ministério Público, em Anápolis, vai funcionar n...