(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mãe que busca justiça para morte do filho vira ré

Justiça Comentários 04 de maio de 2017

Elza Maria Tonetto luta desde 2015 por Justiça pela morte de seu filho. Mas, ela acabou alvo de um processo judicial


Desde que perdeu o filho, Paulo Gabriel Lopes Tonetto, então, com pouco mais de 24 anos de idade, Elza Maria Parreira Lopes Tonetto, tenta buscar uma explicação convincente que a conforme sobre a morte do rapaz. E, mais do que isso, ela clama por justiça, pois não acredita na versão do inquérito policial apontando que Paulo Gabriel teria sido vítima de um disparo acidental de arma de fogo.
Depois de organizar vários movimentos na Cidade e fazer protestos por meio das redes sociais, Elza Tonetto vai se sentar no banco de réus, por conta de uma ação movida pela escola onde o filho dela foi encontrado morto, em novembro de 2015. O processo contra ela será julgado na quarta-feira,10, no Fórum de Anápolis.
O caso que envolve a morte de Paulo Gabriel é, de fato, intrigante. O rapaz não tinha antecedentes criminais, estudou filosofia e frequentava cursos de uma conhecida instituição, chamada Nova Acrópole. Consta nos autos do processo (29319-19 2015), que no dia do fato, 28 de novembro ele estava em uma fazenda no Município de Girassol, onde acontecia um curso com a presença de muitas pessoas. No momento do tiro fatídico, o rapaz se encontrava num mirante e, a partir daí, as circunstâncias do fato que o vitimou nunca foram muito claras.
O inquérito policial remetido ao Poder Judiciário da Comarca de Cocalzinho, pediu o arquivamento do caso “por inexistência de fato típico penal (materialidade delituosa), ou seja, qualquer conduta de terceiros relevante ao Direito Penal”.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Justiça

MP quer fim da bolsa estudantil para jovem “rica”

29/11/2018

A promotora de Justiça Villis Marra recomendou à diretora do Programa Bolsa Universitária da Organização das Voluntária...

Mulher indenizada por empréstimo não autorizado

25/10/2018

O Banco Itaú Unibanco S/A deverá pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais a uma cliente. A instituição financeir...

Advogado condenado por ficar com dinheiro de cliente

12/07/2018

A juíza Tatianne Marcella Mendes Rosa Borges, da comarca de Rio Verde, condenou o ex-vice-presidente da Ordem dos Advogados ...

Advogados anapolinos assumem o comando da recuperação judicial da Irmãos Soares

07/06/2018

Os Advogados Dobson Vicentini, Victor Andrade, e o desembargador aposentado Floriano Gomes, sócios da empresa Valor Judicial...