(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marisa Espíndola: “Prefeito Antônio Gomide tem me dado grande apoio”

Política Comentários 01 de outubro de 2010

Pela terceira vez disputando cargo eletivo (duas para deputada estadual e uma para prefeita), Marisa Espíndola (PSC) fala do apoio recebido do prefeito Antônio Gomide (PT)


A candidata Marisa Espíndola (PSC) ressalta que o trabalho eleitoral, em relação aos demais pleitos em que participou, tem sido bastante diferenciado. Conforme observa, o eleitor já tem um posicionamento definido quanto às eleições majoritárias (Presidente da República, governador e senador). No entanto, devido ao grande número de candidatos e à amplitude de escolhas, há muitas dúvidas do eleitorado quanto às eleições proporcionais (deputado estadual e deputado federal). “Isso torna uma eleição difícil, mas o fato de já sermos um nome conhecido, facilita muito. Estou nesta trajetória política, desde 2002, como candidata e percebo que houve uma evolução de apoio do nosso eleitor”, diz Marisa.
De acordo com a candidata, Anápolis tem, hoje, um grande número de pessoas vindas de outras localidades e isso faz com que os candidatos de outras regiões venham cooptar significativas fatias do eleitorado local. “Mas, isso é da democracia”, diz, acrescentando que o eleitor está se conscientizando de que deve priorizar os candidatos de sua cidade. Ela citou que na última eleição para deputado estadual, cerca de 50 mil votos foram dados a candidatos de fora. Mas, diz, também, que tem buscado votos fora de Anápolis, principalmente, nos municípios de menor porte e que não teriam como eleger um candidato próprio. “Agora, como todos sabem, campanha é uma coisa cara e se você abrir demais, não consegue fazer este trabalho. Assim sendo, nossa campanha, aqui em Anápolis, é muito bem sedimentada. Todavia, quero, também, representar outros municípios”, ponderou.

Apoio de Gomide
Marisa Espíndola destacou que é funcionária de carreira do Município há mais de 20 anos, boa parte desse período atuando na área de educação e que, dentro da visão de trabalhar pela Cidade, tem o apoio à sua candidatura por parte do prefeito Antônio Gomide que, segundo ela, tem tido preocupação em sua gestão de ampliar a representação política de Anápolis. “Ele [o prefeito Antônio Gomide] valorizou o fato de sermos funcionária de carreira, de sermos comprometida com o trabalho, com os cargos de liderança que exercemos e com a nossa Cidade”, enfatizou, acrescentando que o apoio foi manifestado independente da questão partidária, já que o mesmo apóia a candidatura de Iris Rezende (PMDB) ao Governo do Estado, enquanto a candidata está num partido que apóia o candidato do PR, Vanderlan Cardoso. “A gente quer somar com a Cidade, fazer alguma coisa independente desse fator político”, argumentou, frisando que Gomide tem participado ativamente da campanha fazendo visitas e pedindo votos para a população. “Com isso, fica mais fácil chegar e abordar as pessoas, pois, numa situação diferente, se você encontra um eleitor contrariado porque a rua de sua casa está esburacada, a praça não está cuidada, a escola está faltando material para o filho, fica difícil fazer a abordagem. Agora, quando você chega a uma casa e as pessoas estão satisfeitas com o poder público isso faz uma grande diferença”, ressalta.

Representação
A candidata avalia que na eleição deste ano, Anápolis tem todas as condições de aumentar a sua representação política na Assembleia Legislativa. “Devemos fazer três ou até quatro deputados, e gostaria de ser uma”, ponderou, dizendo que está trabalhando muito neste sentido.

Prioridades
A candidata Marisa Espíndola salienta que, durante a campanha, tem procurado esclarecer o eleitor sobre o papel do deputado estadual que, conforme diz, está baseado em algumas vertentes básicas: a fiscalização das contas do Governo do Estado para, segundo ela, saber se os recursos estão tendo a aplicação em prol da sociedade; o acompanhamento do Orçamento, onde o deputado tem condição de inserir emendas e conferir a destinação de recursos para o seu município e, a questão da representação, da força política, para que nas decisões do Estado, o município esteja presente. Outra questão básica é legislar, ou seja, elaborar leis que favoreçam a população. “Nós temos muita coisa que depende da questão local, mas muitas outras dependem de decisão política e a representação é importante neste momento”, enfatiza, dizendo que quanto mais deputados, mais força o município tem nestas decisões. “Se agora nós tivéssemos uma representação estaríamos brigando para colocar no Orçamento do ano que vem, recursos para o Aeroporto de Cargas”, pontuou, observando que candidato que diz que vai construir escolas, que vai fazer asfalto, está “enganando” a população. “Então, essa é a mensagem que temos passado ao eleitor e vamos trabalhar muito para trazer mais recursos para a nossa cidade”, finalizou a candidata.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...