(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marconi ressalta fase de grande desenvolvimento do Estado

Geral Comentários 16 de maro de 2012

Governador acredita que a conclusão da Ferrovia Norte-Sul trará benefício sociais e econômicos e sociais imensuráveis para o Estado de Goiás, que tem crescido acima da média nacional


De acordo com o governador Marconi Perillo, Goiás vai passar a viver uma nova e melhor fase do seu desenvolvimento, com a ampliação de mais esse modal viário, que inclui a Ferrovia Norte-Sul, ligando o Estado aos portos da região Norte do Brasil, e com o Ramal 2 da mesma ferrovia, que passará pela região Sudoeste de Goiás e chegará aos portos da região Sudeste do País.
O traçado inicial da Ferrovia Norte-Sul previa a construção de 1550 quilômetros de trilhos, cortando os estados do Maranhão, Tocantins e Goiás. Com a Medida Provisória editada em 09 de maio de 2008, da Presidência da República, que incorporou o trecho Açailândia (MA) – Belém (PA) e Anápolis (GO) – Estrela D’Oeste (SP) ao traçado inicialmente projetado, a Ferrovia Norte-Sul terá, quando concluída, 2.760 quilômetros de extensão.
A Ferrovia Norte-Sul foi projetada para promover a integração nacional, minimizando custos de transporte de longa distância e interligando as regiões Norte e Nordeste às Sul e Sudeste, através das suas conexões com 5 mil quilômetros de ferrovias privadas. A integração ferroviária das regiões brasileiras será o grande agente uniformizador do crescimento auto-sustentável do país, na medida em que possibilitará a ocupação econômica e social do cerrado brasileiro - com uma área de aproximadamente 1,8 milhão de km 2 , correspondendo a 21,84% da área territorial do país, onde vivem 15,51% da população brasileira – ao oferecer uma logística adequada à concretização do potencial de desenvolvimento dessa região, fortalecendo a infraestrutura de transporte
necessária ao escoamento da sua produção agropecuária e agroindustrial.
Para o Governador Marconi Perillo, inúmeros são os benefícios sociais que surgem com a Ferrovia Norte-Sul. “A articulação de diferentes ramos de negócios, proporcionada por sua implantação, vai contribuir para o aumento da renda interna e para o aproveitamento e melhor distribuição da riqueza nacional, a geração de divisas e abertura de novas frentes de trabalho, permitindo a diminuição de desequilíbrios econômicos entre regiões e pessoas, resultando na melhoria significativa da qualidade de vida da população da região”, afirmou. (Goiás Agora)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Uma viagem de realidade e ficção a Praga

18/08/2017

Tudo começou numa viagem de família à Praga, capital da República Tcheca, em 2013. A cidade antiga, cheia de belezas e de...

Anápolis recepciona interessados em conhecer os cursos

18/08/2017

O Campus de Ciências Exatas e Tecnológicas Henrique Santillo da Universidade Estadual de Goiás (UEG), em Anápolis, realiz...

Ministério oferece cursos gratuitos e a distância

18/08/2017

Estão abertas as pré-matrículas para cursos de qualificação profissional na área do turismo com subsídios do Programa ...

Governo espera cadastrar 15 mil estudantes

18/08/2017

Depois de ter sido lançado em Anápolis, recentemente, o programa Passe Livre Estudantil foi apresentado de forma detalhada,...