(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marconi pede “extrema” vigilância com despesas

Política Comentários 05 de janeiro de 2013

Durante a reunião, ocorrida dia 1º, o Governador anunciou que o Estado obteve, em 2012, um superávit de R$ 40 milhões


Durante a primeira reunião do ano com o primeiro escalão do governo, na do dia 1º, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o governador Marconi Perillo pediu aos secretários aprimoramento da gestão, extrema vigilância com as despesas correntes e redução dos gastos com custeio de pessoal. Mostrando segurança com os recursos já garantidos para investimentos em 2013, Marconi reforçou metas e prazos para que as ações referentes a cada Pasta sejam cumpridas a tempo e avaliou os primeiros resultados do Plano de Ação Integrada de Desenvolvimento (PAI). Disse que o Governo do Estado fechou o ano de 2012 com um superávit de R$ 40 milhões e anunciou que R$ 10 milhões serão investidos mensalmente apenas na manutenção e conserva das rodovias, para garantir tranquilidade aos usuários de transporte e aos produtores, no escoamento da produção.
Após pouco tempo de reunião, Marconi deixou a sala para atender a imprensa, que aguardava no salão ao lado. Em entrevista coletiva, informou que o secretario de Gestão e Planejamento, Giuseppe Vecci, fez um balanço de todos os projetos previstos no PAI Economia, PAI Enfrentamento às Drogas, e na ação voltada aos deficientes, além da infraestrutura e outras áreas que estão contempladas dentro das 40 ações da pauta do referido Plano. Depois, foram discutidas as ações sobre o acordo de resultados pactuado com as secretarias, para redução de despesas e captação de novos recursos. Em seguida, cada secretário fez uma avaliação pessoal de sua pasta nos dois primeiros anos de governo.
O governador reiterou que a perspectiva para este ano é boa porque há recursos assegurados aos principais investimentos, principalmente na área de infraestrutura. Disse que os cuidados recomendados são com a folha de pagamentos, para que ela não ultrapasse os limites da razoabilidade financeira, e com despesas para custeio da máquina. “Queremos chegar ao final de 2013 com as contas equilibradas”, disse.
Segundo ele, o governo fechou 2012 com superávit de R$ 40 milhões. Entre as maiores superações, confirmou a redução do prazo de pagamento das faturas do Ipasgo, com os prestadores de serviços, de 60 para 32 dias. “Estamos seguros de que vamos vencer algumas etapas burocráticas e construir uma gestão cada vez mais eficiente”, declarou.
Ele disse ainda que a reunião no primeiro dia do ano foi para sinalizar o pique e a determinação do governo para começar 2013 com o pé direito, muito trabalho e muitas ações. Falou que ainda não é o momento de discutir mudanças no secretariado, mas anunciou a troca da chefia de gabinete da governadoria. Quem assume o cargo é o ex-secretário de Segurança Pública João Furtado. Ele frisou que possíveis trocas podem ocorrer caso os secretários não cumpram prazos e metas estabelecidas a cada Pasta, principalmente as contidas no PAI.
O governador afirmou ainda que trabalhará a agilização de licitações, porque somente na Agetop, existem 100 projetos para 2013 que aguardam licitação. “Estamos trabalhando de forma rigorosa para termos todos eles licitados até abril, para que todas as obras sejam realizadas neste ano”, ressaltou. Em 2013, segundo ele, os aeroportos serão requalificados e outros serão construídos, e citou, dentre eles, o de cargas de Anápolis, o de Mineiros e de Caiapônia.
Observou que continuará a manter boa relação com os prefeitos e parcerias com os municípios, principalmente no que diz respeito às obras estruturantes de Goiânia. Disse também que ainda há muito tempo para realizar o melhor governo para o Estado e que, com as contas em equilíbrio, os próximos dois anos serão de mais realizações de obras e atração de investimentos para o Estado.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Fundo bilionário para patrocinar as campanhas

10/08/2017

Os deputados integrantes da comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) acabam de rejeitar um ...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Dívidas do Estado com a União alongadas em até 240 meses

20/07/2017

Aprovadas na Assembleia Legislativa nas sessões realizadas no período de convocação extraordinária, nos dias 14 e 17 des...