(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marconi formaliza empréstimo de R$ 1,5 bilhão

Economia Comentários 19 de outubro de 2012

Com dinheiro em caixa, Governador pretende deslanchar uma série de obras em todas as regiões do Estado, principalmente na área de infraestrutura


O governador Marconi Perillo assinou, no Ministério da Fazenda, em Brasília, o contrato de contragarantia entre a União e o Estado de Goiás, com a interveniência do Banco do Brasil (BB) e da Caixa Econômica Federal (Caixa), do empréstimo de R$ 1,5 bilhão que o Governo de Goiás conseguiu junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). O contrato original do empréstimo foi assinado no último dia 11, no Rio de Janeiro. O documento irá agora para a formalização na Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e, sem seguida, volta ao BNDES para a formalização definitiva do empréstimo.
De acordo com Marconi, até a próxima semana, o governo goiano já poderá iniciar o período de assinatura dos primeiros contratos para as obras de infraestrutura no Estado que serão financiadas pelo BNDES. O financiamento terá pagamento escalonado em 22 anos, com sete anos de carência, e terá a totalidade de recursos liberados até o ano que vem. “Essa verba, a partir da semana que vem, já estará disponibilizada aos cofres do Governo do Estado para que possamos investir em infraestrutura e com isso garantir a continuidade do desenvolvimento de Goiás”, observou o governador.
“Eu creio que em uma semana nós já poderemos dar ordens de serviço para as obras cujas licitações e contratos estejam feitos. Em relação a outras obras, nós vamos ter que concluir projetos executivos e licitações. O trabalho nosso, na Agetop, visará também a conclusão dessa etapa de projetos e licitações”, afirmou Marconi, acrescentando que o empréstimo será destinado à construção de aeródromos, melhoria de aeroportos, conclusão e construção de dezenas de rodovias importantes para o Estado.
O Governo de Goiás já elaborou os primeiros projetos, que deverão abranger 637 quilômetros em 15 rodovias. No total, o valor será aplicado na pavimentação e a reconstrução de 1,6 mil quilômetros de rodovias, além de investimentos na construção de pontes e aeroportos, obras que devem beneficiar mais de 150 municípios goianos. Marconi ressaltou que este é certamente o maior investimento já realizado na malha viária goiana em todos os tempos, devendo contribuir ainda mais para alavancar o desenvolvimento experimentado por Goiás nos últimos anos, garantindo infraestrutura melhor para os empreendedores e produtores goianos.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...