(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marconi evita falar de política em Anápolis

Política Comentários 31 de janeiro de 2014

Durante entrega de escola no Jardim Progresso, Marconi, também, não quis dar maiores detalhes sobre a mudança de comando na Secretaria de Indústria e Comércio


Em visita a Anápolis na última terça-feira, 28, quando inaugurou o “novo” Colégio Estadual “Herta Leyser”, no Jardim Progresso, o Governador Marconi Perillo não quis comentar sobre a pré-candidatura do Prefeito de Anápolis, Antônio Gomide (PT), ao Governo no pleito de outubro próximo. O chefe do Executivo goiano, também, não deu pistas sobre o futuro ocupante da Secretaria de Indústria e Comércio. Tradicionalmente, a Pasta tem sido comandada por um anapolino, em deferência ao Município que é o principal pólo econômico do interior de Goiás.
Sobre a pré-candidatura de Gomide, Marconi Perillo ressaltou que, no momento, não vai se pronunciar sobre questões políticas, as quais espera abordar apenas em junho, quando ocorrem as convenções partidárias. O foco - disse ele - está voltado para a administração.
Quanto à indicação do novo secretário de Indústria e Comércio, Marconi Perillo afiançou que o compromisso que tem é que o cargo fique com Anápolis. Inclusive, ele deixou claro que o secretário interino, o empresário Raphael Louza, já está ciente desse fato. Questionado pelo CONTEXTO se já tem nomes para avaliação, o Governador se limitou a dizer: “estamos analisando”. Nos bastidores, vários nomes vêm sendo levantados, de conhecidas lideranças, dentre elas os empresários Wilson de Oliveira; Luiz Medeiros Pinto, Ubiratan Lopes e Edson Tavares. Mas, como deixou claro, Marconi não tem pressa e quer, primeiro, sondar as lideranças, não só da classe empresarial, mas também políticas, para balizar a tomada de decisão. Também, não disse quando deverá ocorrer o anúncio, que é aguardado já com bastante expectativa, inclusive, com o surgimento de um nome novo.
Em seu discurso na inauguração da unidade escolar e na entrevista coletiva concedida à imprensa após a solenidade, Marconi Perillo fez questão de destacar os investimentos de seu Governo em Anápolis. Na área de educação, por exemplo, ele citou que todas as escolas da rede estadual passaram por reformas. Além disso, observou que estão em pleno vapor as obras do Presídio, do Aeroporto de Cargas e do Centro de Convenções. Em relação ao Colégio “Herta Leyser”, Marconi se desculpou publicamente pela demora da entrega que, segundo explicou, ocorreu por falhas das empresas que foram contratadas no início do serviço e depois o abandonaram, motivando a elaboração de novos projetos e processos licitatórios.
Anúncios
Durante o evento, Marconi Perillo aproveitou a oportunidade para fazer alguns anúncios, relacionados com o setor da educação. O Governador disse que parte dos recursos destinados a Goiás pelo Governo Federal, via repasse dos royalties do pré-sal, serão investidos em ações para a valorização da carreira do magistério. Ele, também, informou que está trabalhando para colocar em caixa em torno de R$ 300 milhões para aquisição de net-books para os alunos do ensino fundamental da Rede Estadual e, por fim, revelou que este ano, o Programa Prêmio Aluno terá o valor da poupança aumentado de R$ 1,1 mil para R$ 1,2 mil e passará de 10 mil para 20 mil beneficiados, com um investimento na ordem de R$ 24 milhões. “Nós queremos garantir que os nossos alunos tenham uma disputa saudável pela busca do conhecimento”, disse, enfatizando que de três anos para cá, Goiás saiu da 16ª posição no ranking da educação pública para a 5ª posição. “E vamos chegar ao terceiro lugar”, sustentou.

A escola
Até o final do Governo, Marconi destacou que deverão ser entregues cerca de 100 escolas “Padrão Século 21”, como a nova unidade do Jardim Progresso, onde foram investidos, aproximadamente, R$ 3 milhões. O Colégio “Herta Leyser”, após a sua reconstrução, tem capacidade para mais de mil alunos, contando com 12 salas de aula todas climatizadas; laboratórios; espaço de convivência; quadra poliesportiva coberta; laboratórios; biblioteca; cozinha, refeitório e dependências administrativas.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Fundo bilionário para patrocinar as campanhas

10/08/2017

Os deputados integrantes da comissão especial que analisa mudanças nas regras eleitorais (PEC 77/03) acabam de rejeitar um ...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Antônio Gomide admite participar de chapa majoritária em 2018

10/08/2017

A pouco mais de um ano para as eleições gerais (Presidente da República; governadores; dois senadores por estado, deputado...

Dívidas do Estado com a União alongadas em até 240 meses

20/07/2017

Aprovadas na Assembleia Legislativa nas sessões realizadas no período de convocação extraordinária, nos dias 14 e 17 des...