(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marconi anuncia R$ 200 milhões para descentralizar serviços

Economia Comentários 05 de agosto de 2011

Intenção é criar nos 246 municípios goianos, estruturas onde o cidadão possa receber atendimento, com agilidade, de diversos órgãos do governo estadual


Dentro de quatro anos, o atendimento de todos os órgãos do governo estadual será descentralizado e levado a todos os municípios goianos. O governador Marconi Perillo anunciou, durante solenidade de lançamento do Programa Goiás Cresce e Aparece, da Secretaria de Indústria e Comércio, a criação de uma estrutura denominada Condomínio de Governo, que congregará todas as pastas para que os moradores não precisem se deslocar de seus municípios para utilizar os serviços públicos estaduais. Os investimentos previstos para estruturar os Condomínios são de R$ 200 milhões.
O conceito aplicado aos condomínios será o mesmo do Vapt Vupt, que segundo o governador está recebendo atenção total do governo, inclusive com plano de incentivo aos servidores, para que recupere o alto padrão de agilidade e respeito ao cidadão que o tornou modelo nacional. “Nós conseguimos viabilizar os recursos para os quatro anos e a meta é chegarmos a todos os 246 municípios com uma sede do governo estadual que congregue todos os órgãos do governo”, explicou Marconi Perillo.
O projeto seguirá um layout padrão, mas com adaptações previstas de acordo com o quantitativo populacional de cada cidade. “Vamos facilitar o acesso das pessoas aos órgãos do Governo do Estado, em um único endereço, a partir deste ano. Queremos as atividades do Estado enraizadas no cotidiano do cidadão”, enfatizou o governador.

Reforma Tributária
Ao se dirigir diretamente aos empresários presentes à solenidade, Marconi Perillo informou que durante reunião dos governadores do Centro-Oeste, ontem em Cuiabá, ficou evidente a união entre os chefes de Estado, que incluem representantes do Norte e Nordeste do Brasil, na consolidação de propostas para a Reforma Tributária que protejam os seus interesses, a convalidação dos incentivos fiscais e a mudança no quorum do Conselho de Secretários da Fazenda (Confaz). “Estou seguro de que não seremos surpreendidos na Reforma Tributária em função desta articulação, o que me deixou muito animado”, avaliou Marconi.

Rodovias
Aos prefeitos, o governador disse que os programas de melhoria das rodovias estão em andamento, e algumas obras já iniciadas. Está previsto para a primeira quinzena deste mês, o fim da fase de licitação para as obras de reconstrução dos primeiros 2.081 quilômetros de rodovias do Programa Rodovida, lançado no início deste ano pelo governo do Estado.
No mês de julho, foram retomadas a construção de oito trechos de rodovias paralisadas no ano Passado. “Na semana passada, conseguimos financiamento para concluir outras estradas iniciadas e abandonadas. Serão mais 30 grandes estradas que vão ser concluídas com estes recursos que estão sendo viabilizados”, anunciou. Marconi destacou ainda investimentos de R$ 1,5 bilhão do BNDES, Saneago e PAC para obras de saneamento já iniciadas pelo Governo do Estado, a retomada de programas da Celg, e o pagamento de 100% da folha de pagamento dos servidores dentro do mês.
Ao final, o governador fez um agradecimento especial aos deputados estaduais pelo apoio no acordo que o Governo do Estado fez com o Poder Judiciário, para a destinação de recursos do Fundesp, à reforma dos IMLs e aumento de vagas no sistema penitenciário. Participaram da solenidade o vice-governador, José Eliton Junior e os secretários de Estado, Sergio Cardoso, de Articulação Política, Alexandre Baldy, da Indústria e Comércio e Armando Vergílio, de Articulação Institucional.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...