(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Marcha pela Dignidade: Movimento visa resgate de valores ético e morais da sociedade

Geral Comentários 01 de abril de 2016

Passeata não tem caracterização político-partidária e religiosa e tem como principal foco a família. Concentração será na Praça Bom Jesus, neste sábado, 02


A organização não governamental Cruzada pela Dignidade convida a população a participar, neste sábado, 02, da “Marcha pela Dignidade”. O evento terá concentração a partir das 08 horas, na Praça Bom Jesus, na região central de Anápolis. De lá, a passeata seguirá até à Praça Dom Emanuel, onde será realizado um ato penitencial conduzido pelo Bispo Diocesano Dom João Wilk e pelo Pastor Leordino Lopes, este último, presidente da ONG.
De acordo com o Juiz de Direito Carlos Limongi Sterse, presidente de honra da Cruzada pela Dignidade, a marcha não tem nenhum cunho político-partidário e nenhuma caracterização religiosa. “É um movimento da família”, explicou, acrescentando que toda a população é convidada a marchar por uma mudança de valores. Segundo observou, a crise que abate o País e que já vem de longo tempo, não é apenas uma crise de cunho político e econômico, mas, uma crise gerada pela deterioração da ética, da moral e dos valores.
“Nós não vamos conseguir mudar nada em nosso País, se não conseguirmos mudar a cultura e a mentalidade das pessoas. E a ética, a moral e os valores nascem dentro das famílias”, ponderou, acrescentando que a Marcha pela Dignidade tem o objetivo de levar as pessoas a fazerem esta reflexão. “Que valores nós temos e que valores nós queremos para nós e para os nossos filhos?”, indagou, dizendo que esta autorreflexão deve levar as pessoas a se questionarem sobre as “pequenas corrupções” que, às vezes, cometem no dia-a-dia em coisas simples como, por exemplo, cortar uma fila.
O magistrado destaca, também, que a situação atual chegou a um ponto em que as pessoas são rotuladas de “coxinha” ou “mortadela”, por terem um posicionamento político e/ou partidário. O que, na sua avaliação, é um flagrante desrespeito ao cidadão, que tem o pleno direito de buscar a sua identidade com respeito.
Carlos Limongi reforçou que a Caminhada pela Dignidade não levanta nenhuma bandeira contra ou a favor de algum político ou de algum partido. “Nós defendemos, dentro de uma sociedade com valores éticos e morais, levantar o País, levantar o seu povo que tem honra e dignidade”, frisou.
O movimento sugere que a comunidade eclesiástica participe da passeata com os seus paramentos; os juízes com suas togas; os promotores com suas becas; os advogados com terno; os maçons com seu terno preto e, assim por diante ou, simplesmente, podem se vestir de branco ou verde-amarelo. A ideia é mostrar o engajamento dos mais diversos segmentos da sociedade em prol do bem.
Sobre o encerramento do evento, ou seja, o ato penitencial, Carlos Limongi explicou que este será um momento em que os participantes irão se dirigir a Deus, em oração, pedindo perdão por suas falhas. E, que este será um marco de mudança, que deve começar da base, no ensinamento e no discernimento daquilo que é certo e o que é errado e que será deixando com um legado para as gerações futuras. “Conclamo a todos que venham participar, essa marcha é da família”, reforçou o Juiz.

Serviço
Marcha pela Dignidade
Data: 02/04/2016
Concentração: a partir das 08 horas
Local: Praça Bom Jesus - Centro
Encerramento: Ato Penitencial
Praça Dom Emanuel - Bairro Jundiaí
Participação: Bispo Dom João Wilk e Pastor Leordino Lopes

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Ampliado o alcance do Portal do Cidadão

20/10/2017

O Portal do Cidadão, lançado em julho pela Prefeitura, já apresenta resultados efetivos e se confirma como facilitador na ...

Audiência vai discutir o Estatuto do Desarmamento

20/10/2017

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF) prorrogou o prazo das inscrições para os interessados em assistir à audiên...

Donos de postos e funcionário do Inmetro são presos pela PF

20/10/2017

Até a manhã desta quinta-feira,19, dois empresários de Anápolis se encontravam presos na carceragem da Polícia Federal, ...

Vereador quer melhorar transporte interestadual

20/10/2017

vereador Lisieux José Borges (PT), se reuniu com o presidente da Agência Goiana de Regulação (AGR), Ridoval Chiareloto, p...