(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais uma operação é realizada contra fraude na CIRETRAN

Cidade Comentários 01 de fevereiro de 2018

De acordo com as investigações, estava sendo montado uma espécie de sucursal para simular vistorias e realizar outros tipos de fraudes


A Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva) deflagrou, na manhã desta terça-feira, dia 30, a Operação Orbitário, com o objetivo de dar cumprimento a sete mandados de prisão e nove de busca e apreensão em desfavor de despachantes e servidores de Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans). Mais de sessenta policiais civis foram envolvidos na ação policial.
Durante as diligências, foram cumpridas, dentre outras medidas, seis mandados de prisão em Anápolis. Também foi apreendida uma pistola de calibre 380 na residência de um despachante, autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido. A investigação é um desdobramento da Operação Intraneus III, deflagrada em dezembro passado, quando foram cumpridos cinco mandados de prisão, 17 mandados de busca e apreensão, além de outras medidas cautelares.
Segundo o delegado Gustavo Rigo, servidores dos Ciretran de Anápolis, mediante recebimento de propina de despachantes, realizavam a transferência de propriedade de veículos e outros procedimentos de forma irregular. Eles teriam inclusive simulado vistorias supostamente realizadas em outras unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
As investigações, que contaram com o apoio do Detran, apontaram ainda que um supervisor do Ciretran de Anápolis, já afastado de suas funções, pretendia montar uma “sucursal móvel” para que um despachante realizasse as suas atividades ilícitas no interior do próprio veículo, no estacionamento local, utilizando internet e impressora do órgão. Ele já havia sido alvo de mandado de busca e apreensão anteriormente.
A Gerente de Auditoria do Dentran-GO, Luciana Gomes, em entrevista a uma emissora de rádio, informou que, diante os fatos apurados, foi determinado e cumprido o bloqueio de 60 veículos que, supostamente, estariam contemplados com o “serviço” irregular dos servidores e despachantes presos na operação. Ela afirmou que, no âmbito administrativo, os servidores foram afastados e serão submetidos ao devido processo. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Civil)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Projeto para a revitalização da Praça do Expedicionário está garantido

22/02/2018

Durante muitos anos, a Praça do Expedicionário, na região central de Anápolis, virou um estacionamento a céu aberto de v...

Moradores relatam precariedade de avenida no Andracel Center

22/02/2018

Uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação iniciou, esta semana, um estudo de aval...

Campanha objetiva desobstruir as calçadas e facilitar vida do pedestre

22/02/2018

A Companhia Municipal de Trânsito e Transporte desenvolve a campanha “Calçada não é garagem”, que tem por objetivo co...

Aportes ao ISSA podem chegar aos R$ 240 milhões em quatro anos

22/02/2018

O prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PTB), esteve na Câmara Municipal, nesta quinta-feira (22.fev), para audiência de pr...