(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais segurança: Vereador propõe comitiva para cobrar governador

Política Comentários 19 de fevereiro de 2016

Onda de violência em Anápolis, de acordo com vários vereadores, está acima do limite tolerável. Projeto de criação da Guarda Municipal voltou a ser discutido


Diante a onda de assassinatos que tem assustado a população, a segurança- ou melhor, a falta de segurança- foi o assunto que pontuou os debates na sessão ordinária da Câmara Municipal, na última quinta-feira,18. No mesmo dia, pela manhã, foi noticiado o assassinato do comerciante Ademir Nunes, que tinha um açougue no Mercado Municipal e era pessoa muito conhecida na Cidade. O crime aconteceu na porta de sua casa, na Vila Formosa. No dia anterior, o segurança Ademar Ferreira Rocha Júnior foi morto na empresa onde trabalhava, quando buscava receber um acerto trabalhista.
O vereador Jerry Cabeleireiro (PSC), durante o seu pronunciamento, propôs que os 23 membros do parlamento marquem uma audiência com o governador Marconi Perillo, para tratar sobre esta questão. “Nós, vereadores, precisamos nos manifestar em prol da cidade. Estamos acuados, com medo de sair de casa. Precisamos encontrar uma solução”, ponderou.
O vereador Jakson Charles (PSB) declarou estar indignado com a falta de segurança em Anápolis. “Hoje um amigo foi assassinado”, disse ele, referindo-se ao comerciante da Vila Formosa, onde também reside. Ele asseverou que a legislação brasileira não está conseguindo conter a bandidagem e que, da forma como está “não dá mais para suportar”.
O vereador destacou que a população vive presa, pois não existe segurança em lugar nenhum. “Não podemos mais comprar pão, pois corremos o risco de morrer na padaria. Não podemos mais fazer uma caminhada no final do dia, pois talvez não voltemos para a casa. Precisamos mudar as leis penais no nosso país”, recomendou.
A Vereadora Míriam Garcia (PSDB) engrossou o coro do descontentamento: “Estamos vivendo uma insegurança total. Hoje, um comerciante foi assassinado. Também soube que quatro mulheres foram assaltadas na Avenida São Francisco, pela manhã. Está muito difícil”, lamentou. Ela também concorda com a necessidade de reunir as autoridades competentes, a fim de que medidas sejam tomadas para conter esta escalada da violência em Anápolis.

Guarda Municipal
O Vereador Wederson Lopes informou que esteve participando de uma reunião no Gabinete de Gestão Integrada (GGIM), que atua para promover a articulação e proposição de soluções em âmbito da segurança pública municipal. Na reunião, com a presença de autoridades da Polícia Militar e da Polícia Civil, a violência foi também a pauta dos debates, inclusive, ressurgindo a discussão sobre a criação da Guarda Municipal.
Segundo o parlamentar, já há um projeto pronto para a implantação da Guarda Municipal, bastando, conforme disse, “vontade política” para que a iniciativa saia do papel. Desde 2003, já há uma lei que prevê a criação dessa guarda.
Além disso, o Vereador destacou que através do programa “Crack, é possível vencer!”, do Governo Federal, o Município foi contemplado com um ônibus equipado para fazer o monitoramento em locais e eventos de grande aglomeração. O veículo, dotado de sistema de câmeras e outros equipamentos, tem valor estimado de R$ 900 mil e, na sua opinião, poderia ser utilizado com mais frequência. Até mesmo- observou- em partidas de futebol. Ele lembrou do incidente que houve no clássico Anapolina X Anápolis, onde um adolescente foi baleado na perda, logo depois da partida, na área externa do Estádio Jonas Duarte. Para o vereador, o aparato poderia ser usado para monitorar as torcidas que marcam pela internet encontros para briga depois dos jogos, fora do estádio.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Vereador defende mudança no pacto federativo

08/12/2017

O vereador Leandro Ribeiro (PTB) usou a tribuna durante a sessão ordinária da última quarta-feira, 06, para defender mudan...

Prefeito pode fazer uma reforma administrativa no começo do ano

08/12/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) deverá ampliar a reforma em sua equipe, a partir de janeiro próximo. É que algumas Pastas e...

Vereador busca solução sobre fechamento de ruas

30/11/2017

O vereador Leandro Ribeiro (PTB), primeiro secretário da mesa diretora da Câmara Municipal, informou na tribuna do plenári...

“Estamos cansados de esperar o Governo”, desabafa Roberto

30/11/2017

“A Cidade não aguenta mais esperar”. A afirmação é do Prefeito Roberto Naves (PTB), que não esconde mais a sua insat...